Uber terá informações sobre transporte público em SP

Em Londres, já é possível escolher uma corrida que combina trajetos de carro e transporte público

São Paulo

A Uber anunciou nesta quinta-feira (14) que trará em seu aplicativo informações sobre o transporte público em São Paulo. O usuário poderá ser informado como fazer seu deslocamento usando ônibus, metrô ou os trens da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos).

A medida é ainda um primeiro passo para que no futuro o aplicativo possa sugerir viagens combinadas entre carros do aplicativo e meios de transporte de massa. Em cidades como Londres, Sidney, Paris e Denver isso já existe, inclusive com a integração das tarifas, que são pagas direto pelo aplicativo. 

O governo paulista já se mostrou aberto para discutir meios de integrar seus sistemas de cobrança com aplicativos de transporte. Ao menos sob o ponto de vista tecnológico, os testes que estão sendo feitos com pagamento de QR Code nas estações de trens e metrôs poderiam facilitar essa integração. 

 

Uma tentativa de integração de tarifa já é experimentada no Metrô do Rio de Janeiro, que vende cartões com desconto para passageiros que também utilizem os aplicativos Uber ou 99 para chegarem ou partirem de suas estações. 

Com esta sinalização de integração com o transporte público, a Uber tenta se firmar como a empresa responsável pelos deslocamentos nas pontas de grandes deslocamentos. Ou seja, da casa do passageiro até uma estação de metrô e do metrô até o trabalho. Assim, os carros da empresa seriam incentivados a atuarem de maneira complementar ao transporte de massa.

Em parte, isso já ocorre naturalmente e esse fenômeno é sempre lembrado pelas empresas de transporte por aplicativo quando elas são criticadas por seus carros supostamente causarem mais trânsito nas cidades onde atuam

O argumento também é usado sempre que essas empresas são acusadas de roubarem passageiros dos sistemas de transporte coletivo. Em São Paulo, principalmente as empresas de ônibus se preocupam com o avanço dos aplicativos e se dizem amarradas às linhas predeterminadas pela Prefeitura de São Paulo. 

Embora a integração com o transporte coletivo pareça afastar o passageiro dos carros vinculados à Uber, a estratégia é fazer com que a empresa se consolide como a maior plataforma de mobilidade de São Paulo. A capital paulista é um dos maiores mercados da empresa americana no mundo. 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.