Descrição de chapéu Obituário Luiz Vecchia (1925 - 2019)

Mortes: Sindicalista, era apaixonado por viagens e pelo Palmeiras

Luiz Vecchia presidiu o Sindicato dos Empregados e Trabalhadores em Empresas de Turismo no Estado de São Paulo por 45 anos

São Paulo

A tranquilidade e o carinho com as pessoas eram um bálsamo para quem convivia com Luiz Vecchia, presidente do Sindicato da Categoria Profissional dos Empregados e de Trabalhadores em Empresas de Turismo no Estado de São Paulo durante 45 anos. Como sindicalista, defendeu os interesses dos trabalhadores da categoria.

Filho de imigrantes italianos, nasceu em São Paulo e estudou no Liceu Sagrado Coração de Jesus e no Colégio Santo Alberto dos Padres Carmelitas.

Manter amizades de várias fases da vida era um privilégio, segundo conta o filho, o arquiteto Fernando Vecchia, 61.

Luiz Vecchia (1925-2019) e o neto
Luiz Vecchia (1925-2019) e o neto - Arquivo pessoal

"A maneira como meu pai viveu foi um exemplo. A dedicação, preocupação e o cuidado com os filhos eram constantes. Repito com os meus filhos muitas atitudes que ele teve comigo", diz.

Com 94 anos de vida ativa, Luiz também foi juiz classista e esteve à frente de uma empresa de turismo por 45 anos, onde foi homenageado por ser o único a trabalhar tanto tempo no mesmo local. Também foi vice-presidente e secretário da Federação Nacional de Turismo e Hospitalidade.

Suas duas paixões "“viagens e futebol"“ foram vivenciadas. Conheceu todos países da América do Sul, além dos Estados Unidos, México, República Dominicana, França, Espanha, Itália, Portugal, Inglaterra, Dinamarca, Suécia, Noruega, Marrocos, Egito, Grécia e Japão.

Torcedor fanático, era o Palmeiras entrar em campo para o tempo parar. Sua atenção e energia pertenciam ao time. Foi assim em todos os jogos. 

Luiz Vecchia morreu no dia 28 de novembro, aos 94 anos, em decorrência de infecção pulmonar. Deixa dois filhos e três netos.

coluna.obituario@grupofolha.com.br
 
Veja os anúncios de mortes

Veja os anúncios de missas

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.