São Paulo terá chuvas fortes antes do Natal

As tempestades podem causar transtornos na Grande SP e no litoral

São Paulo

O final de semana será quente, com pancadas de chuva à tarde e à noite, que podem ser fortes, principalmente na Grande SP. Uma frente fria se aproxima do estado no domingo e reforça as áreas de chuva.

Segundo a meteorologista da Climatempo Josélia Pegorim, na segunda (23), as tempestades podem causar transtornos na Grande SP e no litoral. Na véspera de Natal (24), a chuva permanece na madrugada e durante a manhã. 

Entre Taubaté (a 140 km de SP) e a divisa com o estado do Rio de Janeiro e no litoral norte a chuva persistirá até à noite. O tempo fica seco em Presidente Prudente (a 558 km de SP) e na divisa com o Paraná.

Na Grande SP, a noite de Natal será aproveitável, sem chuva e com temperaturas agradáveis. As nuvens carregadas deixarão o estado de São Paulo na quarta (25). No litoral e na maioria das cidades do interior fará sol e calor. A Grande SP poderá ter névoa pela manhã.

Em Campos do Jordão, Franca, São José do Rio Preto e nas divisas com Minas Gerais e Rio de Janeiro, o sol aparece pela manhã e as pancadas de chuva, a partir da tarde.

Segundo dados captados pela Climatempo, entre sábado (21) e quarta (25), na capital paulista os termômetros oscilarão entre 17ºC e 30ºC —sábado será o dia mais quente; no litoral, a véspera e o dia de Natal terão mínima de 17ºC e máxima de 30ºC (também no sábado); no interior, o dia 25 começará frio, com 13ºC, mas a temperatura alcançará 34ºC. 

O mau tempo aumenta as chances de deslizamentos e inundações por causa do solo encharcado. Em caso de emergência, a Defesa Civil recomenda deixar imediatamente o local em risco e procurar abrigo em ambiente seguro.

O órgão faz outras recomendações: nunca enfrente enxurradas ou atravesse vias alagadas, pois as águas de inundação são pesadas e violentas.

Saia rapidamente de áreas abertas, como praia, piscina, estacionamento e campo de futebol. Mantenha distância de objetos altos e isolados ou metálicos, como árvores e guarda-sóis; não solte pipas e nem carregue objetos como canos e varas. Ao escutar trovões, fique longe de janelas, tomadas e materiais metálicos.

Diante do surgimento de fendas e rachaduras em paredes ou de qualquer sinal de deslizamento, abandone o local.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.