Descrição de chapéu Obituário Noé Garrido de Carli (1953 - 2020)

Mortes: Aviador e músico, foi pioneiro no uso da guitarra elétrica

Apaixonado por aviação, Noé Garrido De Carli trabalhou na Força Aérea Brasileira como controlador de tráfego aéreo e professor de inglês

Noé Garrido De Carli foi um dos pioneiros no uso da guitarra elétrica no Rio Grande do Sul.

Tocou os primeiros acordes aos dez anos e aos 13 lançou sua primeira banda, Os Pigmeus.

Guitarrista, cantor, compositor e multi-instrumentista, Noé marcou sua geração na música com pelo menos outras seis bandas.

Ao longo dos 35 anos de casamento, a guitarra foi sua fiel cúmplice na surpresa que preparava à esposa diariamente.

Noé Garrido De Carli (1953-2020) e família
Noé Garrido De Carli (1953-2020) e família - Arquivo pessoal

"Meu pai entrava no estúdio que tinha em casa e todos os dias tocava uma música diferente para declarar seu amor à minha mãe", diz a filha, a jornalista e fotógrafa Anelise Angeli De Carli, 30.

Além da música, era apaixonado por aviação. Entrou para a FAB (Força Aérea Brasileira) como controlador de tráfego aéreo e professor do curso de inglês aplicado até hoje a quem ingressa na profissão. 

Noé tinha o dom de aliviar a tensão no difícil trabalho de controlar o tráfego aéreo e fazia imitações de radialistas e famosos para se comunicar com os pilotos. Além das brincadeiras, acumulou muitas histórias engraçadas e curiosas.

Anelise conta que o pai convivia bem com duas personalidades opostas. "Ao mesmo tempo em que era o centro, onde as pessoas se reuniam e ele gostava de contar suas histórias, tinha o lado quieto e introspectivo, que é comum em artistas. Meu pai circulava bem em qualquer lugar e com qualquer tipo de pessoa. Era carinhoso com todos e buscava sempre descobrir como ser melhor", afirma a filha.

Noé Garrido De Carli morreu dia 14 de janeiro, aos 66 anos, por complicações de insuficiência hepática. Deixa a esposa Consuelo Adriana e as filhas Anelise e Ana Carla, que é musicista.

 

coluna.obituario@grupofolha.com.br
 
Veja os anúncios de mortes

Veja os anúncios de missa

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.