Descrição de chapéu Obituário Elza Henriques Calçada (1924 - 2020)

Mortes: Dona de casa, uniu a família com os segredos da culinária

Elza Henriques Calçada escreveu três livros de culinária com o esposo

São Paulo

Desagradar o marido com a primeira refeição após a lua de mel foi o combustível para que a dona de casa Elza Henriques Calçada virasse excelente cozinheira.

"Meu pai prometeu a ela que, se a comida fosse decente, faria as refeições em casa", diz o filho, o empresário Francisco Henriques Calçada Júnior, 69.

Sem saber cozinhar, Elza pediu ajuda à avó e em seis meses virou especialista no assunto. 

Elza Henriques Calçada (1924-2020)
Elza Henriques Calçada (1924-2020) - Arquivo pessoal

Com a nova atividade sob domínio, passou a oferecer almoço aos dez funcionários do esposo durante os dias da semana. Ele era dono de uma empresa que fabricava peças para a produção de bolos.

Agregadora e prática, com o marido, escreveu três livros de receita --algumas criadas pelo casal— e abriu uma loja para oferecer cursos gratuitos de culinária.

Lá, os alunos aprendiam a fazer doces, salgados, bolos, jantares especiais e pratos comuns em datas como Páscoa e Natal. 

Aberta nos anos 60, a loja funcionou até o final da década de 1970, quando o casal deixou o Brasil para morar em Portugal por dois anos.

Na volta, a culinária deixou de ter o caráter profissional e se limitou a reunir a família aos domingos.

"Por anos, foi nosso ritual. Ela cozinhava o prato predileto de cada um e, ao final do dia, fazia as marmitas para que levassem embora", relata Francisco.

O seu dom de conquistar as pessoas a manteve em atividade na empresa do filho até 88 anos. Só parou de trabalhar para cuidar do marido.

Elza Henriques Calçada morreu dia 26 de janeiro, aos 96 anos, por falência de múltiplos órgãos. Viúva, deixa cinco filhos, sete netos e três bisnetos.

coluna.obituario@grupofolha.com.br
 
Veja os anúncios de mortes

Veja os anúncios de missa

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.