Mulher de 38 anos que saía do carro é 57ª vítima das chuvas de Minas

Ela estava internada desde o dia 24 de janeiro de janeiro com traumatismo craniano após ser atingida por um muro

Rio de Janeiro

Miriam Azevedo Damasceno, 38, tornou-se neste domingo (2) a 57ª vítima das enchentes que devastaram Minas Gerais nos últimos dias. 

Ela estava internada desde o dia 24 de janeiro. Segundo o Corpo de Bombeiros mineiro, ela tinha acabado de estacionar o carro quando foi atingida por um muro que desabou em Caratinga (MG), município a 300 km de Belo Horizonte.

Carro onde estava Miriam Azevedo Damasceno, 38, atingido por um muro que desabou em Caratinga (MG), município a 300 km de Belo Horizonte; ela foi a 57ª vítima ds chuvas em MG neste ano - Divulgação/Bombeiros

Damasceno teve traumatismo craniano, e uma de suas pernas foi esmagada. Quando os bombeiros chegaram, ela estava consciente e tinha os membros inferiores soterrados por terra e escombros da parede colapsada.

Os recentes temporais deixaram mais de 50 mil pessoas sem casa no estado e colocaram cerca de 200 cidades em situação de emergência. Só na capital mineira caiu o maior volume de água em 110 anos, de acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

A tempestade que castigou por dias Belo Horizonte fez a água subir a alturas em torno de 60 centímetros em áreas centrais da cidade.  A maior parte das mortes no estado aconteceu por conta de soterramentos e desabamentos: 44 das 57.  As outras se afogaram ou foram levadas pelas enxurradas.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.