Descrição de chapéu Obituário Thiago Fabres de Carvalho (1977 - 2020)

Mortes: Defendeu os direitos humanos e a justiça social

Thiago Fabres de Carvalho era um dos principais críticos brasileiros do sistema prisional

São Paulo

Órfãos de um mestre e de um amigo. Assim ficaram os alunos e amigos do advogado Thiago Fabres de Carvalho, criminalista, professor de direito da Universidade Federal do Espírito Santo e membro do Conselho Estadual de Ética da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) do Espírito Santo. 

Ele morreu dia 26 de fevereiro, aos 42 anos, de infarto. "Era um gênio com alma e coração de criança", conta a irmã Letícia Fabres de Carvalho, 40, assessora jurídica do Tribunal de Justiça do Espírito Santo.

Thiago Fabres de Carvalho (1977-2020)
Thiago Fabres de Carvalho (1977-2020) - Arquivo pessoal

Com pós-doutorado em criminologia na Universidade de Hamburgo (Alemanha), atuou principalmente nas áreas de criminologia, direito penal, processo penal, segurança pública e teoria dos direitos fundamentais e democracia. 

Era um dos principais críticos brasileiros do sistema prisional. Tem quatro livros publicados. O quinto --"Política Criminal e Estado de Exceção no Brasil: O Direito Penal do Inimigo no Capitalismo Periférico"--, escrito em parceria com a professora Vera Malaguti, ainda será lançado.

Thiago nasceu em Vitória (ES). A humildade era uma de suas virtudes. Tinha o amor e o perdão como princípios. De muitos amigos, era carismático e humano. Tinha uma mente inquieta que vivia a angústia de sentir a dor do outro. Era gentil e educado até nos momentos em que precisava ser combativo.

"Se foi uma pessoa que olhava para o próximo e, de fato, o enxergava. Tinha um olhar ainda mais generoso e acolhedor para os mais necessitados. Sempre utilizou seu conhecimento em favor dos excluídos", diz Letícia.

A praia de Ubu (ES) era o cenário que gostava de ter ao fundo quando passava os finais de semana velejando com o pai. Adorava o mar, a música e cozinhar os pratos típicos de sua terra natal.

Solteiro, Thiago Fabres de Carvalho deixa um filho, os pais, quatro irmãos e a namorada.

coluna.obituario@grupofolha.com.br
 
Veja os anúncios de mortes

Veja os anúncios de missa

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.