Descrição de chapéu Obituário Carmela Andrade Pedicini (1998 - 2020)

Mortes: Sem adiar histórias, viveu 21 anos como se fossem 90

Carmela Andrade Pedicini era apaixonada por artes e pelo Van Gogh

São Paulo

Feliz daquele que consegue em pouco tempo dizer a que veio ao mundo", afirma a atriz Graça de Andrade.

Sua filha Carmela Andrade Pedicini nunca deixou dúvidas de que viveria plenamente. "Com ela tudo era a toque de caixa e sem protocolos; tudo era para ontem, mas sempre com perfeição. Costumo dizer que ela era ligada nos 220 e viveu 21 anos como se fossem 90."

Carmela morreu no dia 17 de fevereiro, aos 21 anos, oito dias após sofrer um acidente automobilístico no Paraná.

Carmela Andrade Pedicini (1998-2020)
Carmela Andrade Pedicini (1998-2020) - Arquivo pessoal

Segundo o amigo Pedro Nunes de Araújo Liesegang, 21, ela viajara pelo Brasil para conhecer mais do próprio país. Havia passado por Goiás, Maranhão e Bahia. Na ocasião do acidente, retornava da última parada, Foz do Iguaçu (PR).

Um mês antes do acidente, realizou o sonho de ver sua obra favorita de Van Gogh, "Noite Estrelada", no Museu de Arte Moderna de Nova York.

Trabalhou na AIN (Aviation International News) desde os 15 anos. Foi tradutora e atuou na edição da revista para as feiras de aviação no Brasil e na Suíça. Cursava psicologia na PUC-SP e iria se formar no final de 2021.

Sensível, equilibrada, coerente e madura, Carmela era atuante no movimento estudantil e na vida política da universidade, especialmente na luta pelo acesso de pessoas de baixa renda ao ensino superior.

Apaixonada por cinema, livros, música e artes em geral, desenhava e frequentava muitos museus, galerias e teatros.

A obra e vida de Van Gogh a encantavam. Em janeiro de 2019, viajou ao vilarejo francês onde o artista viveu e onde está enterrado para depositar flores no túmulo dele e rezar uma missa.

Carmela não adiou histórias. Ela deixa os pais e amigos.

coluna.obituario@grupofolha.com.br
 
Veja os anúncios de mortes

Veja os anúncios de missa

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.