Descrição de chapéu Coronavírus

Capital paulista tem 14 mortes de servidores da saúde por suspeita de coronavírus, diz sindicato

Categoria reclama de falta de equipamentos de proteção no atendimento de saúde da cidade

São Paulo

Ao menos 14 funcionários do sistema de saúde municipal de São Paulo morreram sob suspeita de coronavírus, contabiliza a categoria.

O número foi informado pelo Sindsep (Sindicato dos Servidores Municipais de São Paulo).

Os dados incluem seis técnicos em enfermagem, três médicos, agentes de saúde e também funcionários terceirizados dos hospitais.

Fachada do hospital municipal do Tatuapé, que concentra muitos casos de funcionários com coronavírus
Fachada do hospital municipal do Tatuapé, que concentra muitos casos de funcionários com coronavírus - Rivaldo Gomes/Folhapress

O sindicato diz que a falta de equipamentos básicos para os funcionários contribui com o número. "A situação extremamente grave mostra a incapacidade de proteger os profissionais do setor público da saúde (servidores, trabalhadores das organizações sociais da saúde e terceirizados) por parte dos governantes", afirma o Sindsep.

De acordo com a categoria, a "Prefeitura Municipal de São Paulo segue se manifestando apenas através de notas vazias falando sobre máscaras cirúrgicas e N95 que nunca chegam na quantidade necessária para uso dentro das normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária".

A reportagem vem questionando a gestão Bruno Covas (PSDB) sobre o problema e a administração nega falta de equipamentos.

Na última semana, a Folha mostrou que a prefeitura afirmou que, desde o primeiro caso confirmado de Covid-19 na cidade, registrou 1.841 afastamentos por quadros de síndrome respiratória, incluindo os de funcionários das áreas administrativas.

Segundo a prefeitura, o número de afastados representa 9,3% de 19.675 funcionários da Autarquia Hospitalar Municipal; destes, 95 são casos confirmados de Covid-19.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.