Descrição de chapéu Coronavírus

Prefeito de Brodowski, que havia liberado comércio, confirma ter coronavírus

Cidade do interior de SP volta atrás e fecha lojas reabertas no dia 22, a pedido do governo do estado

Ribeirão Preto

O prefeito de Brodowski (a 337 km de São Paulo), José Luiz Perez (PSDB), recebeu diagnóstico de Covid-19 e está internado num hospital de Ribeirão Preto.

Ele havia decretado no dia 17 a reabertura do comércio local, com validade a partir da última quarta-feira (22). Na tarde desta segunda, porém, a prefeitura informou que o decreto que permitia a abertura do comércio será revogado, a pedido do governo do estado, e o comércio voltará a fechar as portas.

A comunicação de que o prefeito adoecera foi feita pela primeira-dama, Rosy Machado, em postagem em redes sociais; a prefeitura confirmou o diagnóstico à Folha.

O prefeito de Brodowski (a 337 km de São Paulo), José Luiz Perez (PSDB), que está com Covid-19; cidade da região de Ribeirão Preto reabriu comércio no dia 17 de abril; na foto ele aparece fazendo sinal de positivo, enquanto é atendido num hospital, medindo a saturação de oxigênio num oxímetro e usando máscara
O prefeito de Brodowski, José Luiz Perez (PSDB), que está com Covid-19; cidade da região de Ribeirão Preto voltou a fechar comércio - Acervo Pessoal

Os primeiros sintomas da doença apareceram em 14 de abril, três dias antes da publicação do decreto, segundo postagem da primeira-dama.

O prefeito, segundo Rosy Machado, apresenta pneumonia e precisa de oxigênio devido à saturação, mas está consciente, em fase final de tratamento e com bom estado geral. Não está intubado e encontra-se num quarto de enfermaria no hospital Beneficência Portuguesa, em Ribeirão, em isolamento.

“A família está bem, ninguém está com sintomas característicos, pois já estávamos guardando quarentena e cuidados de higiene antes mesmo do primeiro quadro de febre apresentado”, disse Rosy em seu comunicado.

Brodowski tem outros quatro casos confirmados da Covid-19, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde.

Ao permitir a abertura do comércio, Perez havia determinado que os estabelecimentos recebessem só uma pessoa para uma área de 9 m², que todos utilizassem máscaras e que fosse controlada a entrada e saída do local por um único acesso.

Segundo a primeira-dama, ao cumprir seus compromissos com o município, Perez “acabou se expondo e sendo ser humano como qualquer pessoa está vulnerável a tudo”. Machado pediu ainda que todos tomem os cuidados necessários, usando máscaras e álcool em gel, além de manter distanciamento social.

​Brodowski abriu na última sexta-feira (27) o credenciamento de até dez fábricas de costura do município para a produção de 50 mil máscaras, como medida de combate ao novo coronavírus.

A prefeitura pagará R$ 2 por máscara, conforme o edital, e os equipamentos de proteção serão destinados aos servidores públicos e pessoas em situação de vulnerabilidade social e econômica.

Nesta segunda-feira (27), o paço municipal não tem expediente, já que está passando por desinfecção, também para combater a proliferação da Covid-19.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.