Descrição de chapéu Coronavírus

Salvador anuncia bloqueio de circulação em três bairros

Medida vale a partir de sábado (9) nos bairros de Plataforma, Boca do Rio e Centro

Salvador

A prefeitura de Salvador e o governo da Bahia anunciaram nesta quinta-feira (7) o bloqueio da circulação em três bairros de Salvador que mais registraram crescimento recente de casos de Covid-19.

Serão bloqueados, entre as 7h e as 19h, trechos dos bairros de Plataforma, Boca do Rio e Centro. As medidas valem a partir deste sábado (9) e terão validade de sete dias.

Nestas três áreas, a circulação de veículos será bloqueada nas principais avenidas. Barreiras serão montadas para distribuição de máscaras, medição da temperatura e realização de testes rápidos.

Além dos ônibus, poderão circular nessas áreas apenas moradores que forem trabalhar em outros bairros, funcionários de serviços essenciais, além de motoristas de serviços de delivery.

Não será permitido o funcionamento de nenhum estabelecimento comercial nestas áreas, come exceção de supermercados, farmácias, bancos e agências lotéricas.

Os trabalhadores informais também serão proibidos de atuar nestas regiões. A prefeitura vai distribuir cestas básicas para ambulantes e feirantes que atuma nessas áreas, os incentivando a manter o isolamento.

Além do crescimento do número de casos da Covid-19, os três bairros foram escolhidos porque registraram um aumento expressivo da circulação de pessoas neste mês de maio.

No bairro de Plataforma, por exemplo, o tráfego de veículos de passeio saltou de 61% para 81% do total de um dia comum entre abril e maio. O número de passageiros transportados nos ônibus cresceu de 28% para 35% do total de um dia normal.

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), informou que as medicas podem ser estendidas para outros bairros em caso de aumento da circulação de pessoas e de novos casos da Covid-19.

Medidas semelhantes podem ser adotadas em cidades do interior do estado, segundo informou o governador Rui Costa (PT).

Prefeito e governador também anunciaram o pagamento de um auxílio de R$ 500 anunciado para pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus e que aceitarem ir para um dos centros de acolhimento que serão disponibilizados pelo governo. O objetivo do benefício é manter as pessoas infectadas isoladas.

O número de beneficiários do auxílio será limitado de acordo com um número de casos registrados nas cidades. Em Salvador, neste primeiro momento, o pagamento será feito para até mil pessoas. Prefeitura e governo irão repartir os custos do benefício.

Ao todo, a Bahia já registrou 4.528 casos de Covid-19 e 165 mortes pela doença. Em Salvador, são 2.877 casos e 101 mortes.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.