Soldado do Exército morre em confronto no AM

O militar participava da Operação Rio Negro, contra narcotráfico e crimes ambientais

Manaus

Um soldado do Exército foi morto a tiros na tarde desta sexta-feira (1) no rio Negro, no município de São Gabriel da Cachoeira (AM), fronteiriço com Colômbia e Venezuela. A cidade está a 850 km a oeste de Manaus.

Segundo a 2ª Brigada de Infantaria de Selva, o confronto ocorreu por volta das 18h, em área próxima à ilha das Flores, local estratégico para o controle do tráfego fluvial de toda a região, conhecida como Cabeça do Cachorro, de tamanho comparável ao da Inglaterra. O local do confronto fica a 35 km de São Gabriel, trecho percorrido em cerca de 2h, em motor 40 hp.

Base do Exército na ilha das Flores, perto do local do confronto que deixou um soldado morto, em São Gabriel da Cachoeira (AM)
Base do Exército na ilha das Flores, perto do local do confronto que deixou um soldado morto, em São Gabriel da Cachoeira (AM) - Fabiano Maisonnave 7.mai.2018/Folhapress

O militar morto, cujo nome não foi revelado, participava da Operação Rio Negro, contra narcotráfico e crimes ambientais, segundo o Exército.

Em reação, a PM informou ter prendido um homem em São Gabriel com R$ 27 mil, duas armas de fogo e uma quantidade não especificada de maconha. A polícia não explicou a relação com o confronto.

A ilha das Flores está dentro da Terra Indígena Alto Rio Negro. O Exército mantém uma base de fiscalização no local —todas as embarcações são obrigadas a parar e são inspecionadas pelos militares. Há também uma comunidade indígena no local.

Ainda que em volume menor do que o rio Solimões e de difícil navegação, o rio Negro é rota de cocaína e de maconha produzida na Colômbia. A droga é levada até Manaus, de onde é redistribuída, principalmente para o Norte e Nordeste.

Base do Exército na ilha das Flores, perto do local do confronto que deixou um soldado morto, em São Gabriel da Cachoeira (AM)
Base do Exército na ilha das Flores, perto do local do confronto que deixou um soldado morto, em São Gabriel da Cachoeira (AM) - Fabiano Maisonnave /Folhapress
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.