Descrição de chapéu Obituário ( - )

Mortes: Preservou a história da engenharia no Brasil

Pedro Carlos da Silva Telles venceu o Prêmio Jabuti na categoria Ciências (Tecnologia) pela obra 'História da Engenharia no Brasil'

São Paulo

Nascido em Petrópolis, no Rio de Janeiro, Pedro Carlos da Silva Telles não foi o primeiro engenheiro da família. A paixão pela profissão atravessou gerações: avô, pais e tios, por exemplo. Sua especialidade era tubulação industrial.

Formou-se em 1947, na Escola Nacional de Engenharia da Universidade do Brasil, antiga Escola de Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro e atual Escola Politécnica da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Pedro Carlos da Silva Telles (1925-2020)
Pedro Carlos da Silva Telles (1925-2020) - Reprodução/Facebook

Em mais de 40 anos, construiu uma importante trajetória como docente na mesma instituição onde um dia foi aluno.

Pedro era responsável pela fundação da disciplina de equipamentos industriais e do curso de engenheiro mecânico. Também lecionou no Instituto Militar de Engenharia e no curso de pós-graduação de engenheiros da Petrobras, onde trabalhou por 22 anos.

Durante a vida profissional, participou do projeto e da construção de quatro navios-tanque no Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro.

Por mais de dez anos foi funcionário da Shell do Brasil e atuou como consultor técnico do Instituto Brasileiro do Petróleo.

Em 1985, Pedro venceu o Prêmio Jabuti na categoria Ciências (Tecnologia) pela obra “História da Engenharia no Brasil” —a história era outra de suas paixões.

Ao longo da vida, escreveu 13 livros sobre engenharia e foi responsável pela formação de centenas de profissionais.

Seu colega por dez anos, o professor e engenheiro Israel Blajberg, 75, presidente da Academia da História Militar Terrestre do Brasil, afirma que Pedro se aprofundou em aspectos do início da engenharia e dedicou-se à pesquisa. “Ele foi um expoente da engenharia nacional”, diz.

Pedro Carlos da Silva Telles morreu no dia 30 de agosto, aos 95 anos. Viúvo, deixa três filhos, sete netos e quatro bisnetos.

coluna.obituario@grupofolha.com.br

Veja os anúncios de mortes

Veja os anúncios de missa

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.