Descrição de chapéu Obituário Alzira Altenfelder Silva Mesquita (1915 - 2020)

Mortes: Dedicou a vida à educação e à formação integral do aluno

Alzira Altenfelder Silva Mesquita seguiu uma rotina de trabalho até 102 anos de idade

São Paulo

Até 102 anos de idade, a professora Alzira Altenfelder Silva Mesquita ia pelo menos três manhãs por semana ao Colégio São Judas Tadeu.

Ela se misturava aos funcionários da secretaria e executava algumas tarefas, como a revisão da documentação de alunos.

Na década de 1940, sua história se juntou a do grande amor de sua vida, o marido e também professor Alberto Mesquita de Camargo (morto em 1995).

Alzira Altenfelder Silva Mesquita (1915-2020)
Alzira Altenfelder Silva Mesquita (1915-2020) - Reprodução/Facebook

A paixão do casal pela Educação deu vida, a partir de 1947, ao Colégio São Judas Tadeu, na Mooca (zona leste), onde construíram uma história de amor e dedicação.

De início era um cursinho preparatório improvisado na garagem da residência onde moravam.
A construção da Radial Leste fez com que a pequena escola ganhasse um prédio no mesmo bairro e o nome de Instituto São Judas Tadeu.

Em 1955, a professora Alzira lançou a primeira edição de um livro para ensino da Matemática. Foi uma marca importante em sua linha do tempo, uma vez que, na época, a disciplina era exclusiva ao universo masculino.

José Carlos Jadon, professor há 43 anos do Colégio São Judas Tadeu, onde também foi aluno, lembra de como a professora Alzira encarava a educação a ser oferecida aos estudantes, a exemplo do marido.

“Ela se preocupava com a formação integral do aluno; não só cultural, mas moral e religiosa, e buscava passar esta orientação aos professores. Depois do marido, os grandes amores de sua vida foram a Educação e o colégio”, diz Jadon.

Anos após a consolidação do colégio, em 1971, Alzira e o marido criaram a Faculdade São Judas Tadeu, inicialmente com os cursos de Administração e Ciências Contábeis.

A instituição que, em 1989 conquistou o status de universidade, foi vendida em 2014 ao Grupo Anima.

Alzira Altenfelder Silva Mesquita morreu dia 13 de outubro, aos 104 anos. A professora estava internada no Hospital Samaritano devido a complicações de saúde decorrentes da idade.

coluna.obituario@grupofolha.com.br

Veja os anúncios de mortes

Veja os anúncios de missa

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.