Descrição de chapéu Obituário Linda Yared Tamer (1926 - 2020)

Mortes: Pelo caminho da oração, transferiu força aos filhos

Mesmo distante, Linda Yared Tamer não deixava de olhar pelos filhos

São Paulo

Linda Yared Tamer era uma mulher de personalidade forte, mas de alma que condizia com seu primeiro nome. Entre os gestos bonitos e engrandecedores, o carinho e o cuidado com as pessoas tornaram-se uma marca.

Natural de Olímpia (438 km de SP), as principais lembranças que contava aos filhos estavam ligadas ao esporte, em especial ao salto com vara, que praticou na juventude. Nos tempos passados, Linda também gostava de cantar.

Funcionária pública na prefeitura de São Paulo, Linda conheceu o marido, o jornalista Alberto Tamer (morto em 2013, aos 81 anos), na primeira gestão de Jânio Quadros como prefeito.

Linda Yared Tamer (1926-2020) e o marido Alberto Tamer
Linda Yared Tamer (1926-2020) e o marido Alberto Tamer - Arquivo pessoal

“Na época, ele ia com frequência à prefeitura para a cobertura de política”, afirma o filho, o empresário Luís Sérgio Tamer, 57. Ficaram casados durante 55 anos e tiveram três filhos.

“Minha mãe gostava de viajar, mas, além de acompanhar meu pai, a vida dela era cuidar dos filhos. Mesmo a distância, mantinha os olhos em nós”, conta Luís. Linda ficava entre os países europeus e o Brasil. Em Londres, por exemplo, esteve duas vezes com Alberto.

Com o passar do tempo e as viagens menos frequentes, Linda passou a curtir mais os netos e a se dedicar aos “mimos” que fazia para presentear, como casaquinhos e sapatinhos em lã para bebês.

Linda passou dos 90 anos dinâmica e lúcida. Aos 92, esbanjou diversão e vitalidade em Miami. Até 93, caminhava diariamente. Ficar parada a incomodava, exceto quando assistia às suas telenovelas.

Organizada, assertiva e religiosa, transferia aos filhos a força de que precisavam para resolver questões difíceis.

“Minha mãe rezava e dizia que para tudo havia solução. E sempre tinha razão”, diz o filho.

Linda ficou internada no hospital pela primeira vez por motivo de doença aos 93 anos. Ela morreu em 5 de dezembro, aos 94 anos. Deixa os filhos Sônia, Luís Sérgio e Alberto e cinco netos.

coluna.obituario@grupofolha.com.br

Veja os anúncios de mortes

Veja os anúncios de missa

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.