Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
27/10/2010 - 15h45

Militar é preso com fuzil furtado do Exército em Brasília (DF)

Publicidade

DE SÃO PAULO

Um soldado do Exército brasileiro foi preso na noite desta terça-feira (26) acusado de furtar um fuzil de um grupamento militar em Brasília.

Ele é acusado de levar um fuzil calibre 762 do 32º Grupamento de Artilharia de Campanha, localizado no Setor Militar Urbano de Brasília.

O serviço de inteligência do Exército notou a falta do armamento e, ao identificar o suspeito, efetuou a prisão. A Polícia Civil do Distrito Federal foi notificada para auxiliar nas investigações.

De acordo com a polícia, o soldado escondeu a arma na parte externa do grupamento e depois avisou um amigo, que foi ao local e levou o fuzil.

O amigo também foi preso ontem pela polícia. Em sua casa, localizada no Novo Gama, os policiais apreenderam uma pistola calibre 380 e outros objetos furtados da residência de um policial militar. Ele confessou o crime e levou os policiais até o Jardim Ingá, onde o fuzil estava escondido em uma casa abandonada.

O suspeito foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo, receptação e uso de documento falso. Ele também responderá pelo furto ao PM.

Foi instaurado um inquérito policial militar para apurar o crime cometido pelo soldado.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página