Descrição de chapéu Obituário Iborema Almeida (1968 - 2019)

Mortes: Criativa, usou a internet para melhorar a vida doméstica

Iborema Almeida gerenciava o grupo Marias Vem Comigo

Patrícia Pasquini
São Paulo

Uma mulher intensa, grata pela vida e alegre. Assim Iborema Almeida é descrita pela filha, Mônica Loureiro D’Ávila, 33.

Iborema morreu no último dia 22 de julho, 18 dias após descobrir um câncer no pâncreas. 

Há três anos, ela gerenciava o grupo Marias Vem Comigo, com perfis em redes sociais. Marias foi a forma carinhosa que ela adotou para chamar as internautas.

Iborema Almeida, influenciadora digital. Gerenciava o grupo Maria's Vem Comigo, no Instagram e Facebook
Iborema Almeida, influenciadora digital. Gerenciava o grupo Maria's Vem Comigo, no Instagram e Facebook - Arquivo Pessoal

O grupo é ativo: no Facebook, são cerca de 1,7 milhão de participantes. No Instagram, são 74,7 mil seguidores. 

A ideia de transformar Iborema em influenciadora partiu da filha.

“Todos consideravam minha mãe uma referência em organização e capricho para tarefas domésticas, decoração, limpeza e culinária. Então, eu a inscrevi em uma comunidade de São Paulo para dar dicas de casa e cozinha, o Organize sem Frescuras. Ela adorou a ideia e entrou em outros grupos do ramo, até que decidiu ter o próprio”, conta.

Assim nasceu o Marias Vem Comigo. “Suas dicas de limpeza, receitas de culinária e toques de decoração somadas ao jeito peculiar de se comunicar conquistaram uma multidão em pouco tempo”, diz. 

O sucesso trouxe a necessidade de se dedicar integralmente à comunidade virtual que criara. Então, ela largou o emprego de fiscal em uma empresa de ônibus.

“Ela deixou muitas lições, principalmente a de amar e de agradecer pelo que a vida nos proporcionou. Recebemos vários relatos de mulheres que saíram de depressão por causa das dicas da minha mãe na comunidade.” 

Iborema tinha 50 anos e morava em Sapucaia do Sul, na região metropolitana de Porto Alegre (RS). Divorciada, deixou duas filhas e uma neta.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.