Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
02/01/2011 - 18h02

Venda de brasileiro provoca saída de técnico do Hoffenheim

da Deutsche Welle, na Alemanha

Venda do brasileiro Luiz Gustavo ao Bayern foi a gota d´água no desgastado relacionamento de Ralf Rangnick com a diretoria do clube. Treinador conseguiu elevar time do fundador da SAP da terceira à primeira divisão.

O Hoffenheim anunciou neste domingo (2/1) a substituição do treinador do time, Ralf Rangnick, pelo seu assistente, Marco Pezzaiuoli. O motivo da saída do técnico foram desentendimentos com a direção do clube, cujo proprietário é Dietmar Hopp, fundador líder em software industrial SAP. A gota d´água foi a decisão da diretoria de vender o meia brasileiro Luiz Gustavo ao Bayern de Munique, anunciada neste sábado (1/1).

Rangnick, de 52 anos, assumiu como treinador do Hoffenheim em junho de 2006. Sob o seu comando, a equipe conseguiu sair da Terceira Divisão, chegando à Primeira Divisão do futebol alemão. Nesta temporada, o clube, que chegou a estar por algum tempo na terceira posição, ocupa atualmente o oitavo lugar no campeonato.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página