Entenda os 85 dias de crise de Vélez no ministério da Educação em gráfico

Ministro anulou portaria que suspendia avaliação de alfabetização e provocou demissão

São Paulo

O ministro da Educação do governo de Jair Bolsonaro, Ricardo Vélez Rodríguez, vem acumulando uma crise atrás da outra nos 85 dias de gestão à frente da pasta. A última polêmica ocorreu na área da alfabetização.

Um dia depois de cancelar a avaliação federal de alfabetização, o ministro revogou a medida, em um novo recuo. O episódio culminou na demissão do presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), Marcus Vinicius Rodrigues, na noite desta terça-feira (26) –foi ele quem assinou a portaria que suspendia a avaliação.

Entenda no gráfico abaixo a crise institucional do MEC

 
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.