Vestibular da Unicamp será aplicado em dois dias e com menos questões

Provas acontecem em janeiro e fevereiro de 2021; as datas ainda não foram definidas

São Paulo

A fim de evitar a aglomeração e reduzir o número de pessoas circulando no mesmo local, a primeira fase do vestibular da Unicamp será realizada em dois dias diferentes, de acordo com a área do curso escolhido pelos candidatos.

Assim, os candidatos aos cursos de ciências humanas, artes, exatas e tecnológicas farão a prova em um sábado e aqueles que optarem por cursos de ciências biológicas ou de saúde fazem a prova no domingo.

Além disso, as provas desta primeira fase terão questões reduzidas, antes eram 90 e agora serão 72. Ao todo serão 12 questões de língua portuguesa e literatura, 12 de matemática e oito questões para cada disciplina: biologia, física, geografia/sociologia, história/filosofia, inglês e química.

O tempo para a realização também sofreu alteração, se antes poderia ser feito em cinco horas, passou para quatro. A segunda fase acontece também em dois dias diferentes.

A primeira fase será em janeiro e a segunda em fevereiro. A definição das datas exatas ainda não foi divulgada pois depende da divulgação pelo Inep dos dias em que o Enem será aplicado, além de uma reunião entre as faculdades públicas paulistas para que não haja coincidência de datas, possibilitando que estudantes participem de mais de um processo seletivo.

Em nota publicada pela universidade, José Alves de Freitas Neto, diretor da Comvest (Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp), afirma que o vestibular manterá o perfil se adequando à atual situação com conteúdos mais acessíveis e articulados às competências e habilidades exigidas pela universidade.

As inscrições podem ser feitas entre 31 de julho e 8 de setembro na página da Comvest (www.comvest.unicamp.br).

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.