Fórum Virada Sustentável traz nomes internacionais para nona edição em São Paulo

Palestrantes de Portugal e Grécia apresentam visões do ecossistema de impacto internacional

São Paulo

A partir desta quinta-feira (22), ocorre a nona edição da Virada Sustentável em São Paulo, com mais de 600 atrações em diversos locais da cidade.

O evento reúne milhares de pessoas todos os anos, com uma programação recheada de shows, exposições, instalações, palestras, aulas de meditação, cinema ao ar livre, entre outras atividades, todas abertas e gratuitas ao público.

 

Além das atrações, a Virada promove ampla visibilidade às iniciativas positivas e inspiradoras da cidade, que trabalham temas como biodiversidade, cidadania, mobilidade urbana, água, direito à cidade, mudanças climáticas, consumo consciente, economia verde entre outros. 

Uma das novidades deste ano é o Fórum Virada Sustentável 2019, programação especial de bate-papos e palestras sobre empreendedorismo de impacto, mobilidade urbana, economia colaborativa, economia circular, moda sustentável, mudanças climáticas, meio ambiente e inovação social.

A ocupação toma conta do Unibes Cultural ao longo de dois dias, reunindo mais de 50 atividades e 150 palestrantes.

A edição paulistana é mais uma vez alinhada aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), agenda de desenvolvimento assinada por mais de 190 países que tem como objetivo determinar o curso global de ações para acabar com a pobreza, promover a prosperidade e o bem-estar geral, proteger o meio ambiente e enfrentar as mudanças climáticas até o ano de 2030.

Diretamente da Grécia, a principal atração do fórum é Antonis Mavropoulos, presidente da ISWA (International Solid Waste Association). Sua palestra acontece no primeiro dia da Virada.

Com mais de 20 anos de experiência em projetos de gerenciamento de resíduos sólidos, Mavropoulos é criador do termo Wasteless Future (futuro sem desperdício), em que discute uma sociedade com reaproveitamento completo de lixo.

Já na sexta-feira (23), ocorre a partir das 9h a apresentação do presidente do programa Portugal Inovação Social, Filipe Almeida, que coordena um dos mais ambiciosos projetos de estímulo ao empreendedorismo social do mundo.

Com foco no ecossistema de investimento e negócios de impacto, a apresentação pretende traçar um panorama do investimento de impacto sobre as startups que vêm atuando na área no Brasil, com compartilhamento da experiência de desenvolvimento do ecossistema empreendedor em Portugal. 

Também na sexta-feira, das 7h30 às 21h, acontece o pocket show do YBY Festival da Música Indígena, com uma programação especial voltada para arte, filosofia e luta dos povos indígenas. O evento traz shows, rodas de conversa, cultura alimentar tradicional, poesia e feira de artes.

Aberto ao público, a Virada termina no domingo (25). Interessados podem conferir a programação completa no site oficial do evento.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.