Primeira infância e agroecologia são destaques da 10ª edição do Prêmio FBB

Entre as 24 iniciativas finalistas, oito levaram o grande prêmio de R$ 50 mil

São Paulo

A Fundação Banco do Brasil e os parceiros do Prêmio de Tecnologia Social 2019 anunciaram na quarta-feira (16) as iniciativas vencedoras da 10ª edição.

Realizada em Brasília, a cerimônia contou com a presença de 600 convidados —entre eles, o ministro da Cidadania e a primeira-dama Michelle Bolsonaro. O resultado final foi o reconhecimento de iniciativas de impacto socioambiental, que receberam prêmios de até R$ 50 mil.

As tecnologias sociais foram desenvolvidas por organizações sociais, instituições de ensino e prefeituras, com a participação da comunidade e com grande potencial de promover transformações sociais

Nesta 10ª Edição, o Prêmio FBB de Tecnologias Sociais teve 24 finalistas concorrendo em sete categorias nacionais e uma internacional.

Realizado desde 2001, a cada dois anos, a premiação já reconheceu 1.400 projetos e passou a reconhecer também iniciativas da América Latina.

VENCEDORES DO PRÊMIO DE TECNOLOGIA SOCIAL 2019

Confira as iniciativas que ficaram com o primeiro lugar de cada categoria

  1. Mulheres na Agroecologia

    Mulheres Protagonistas no Beneficiamento de Produtos Agroecológicos, da Cooperativa Agropecuária de Alagoas –Flexeiras (AL)

  2. Gestão Comunitária e Algodão Agroecológico

    O Algodão Agroecológico Gerando Renda e Conhecimento no Curimataú Paraibano, da Associação de Apoio a Políticas de Melhoria da Qualidade de Vida, Meio Ambiente e Verticalização da Produção Familiar –Remígio (PB)

  3. Primeira Infância

    Visitação domiciliar na primeira infância da Secretaria da Saúde –Porto Alegre (RS)

  4. Categoria Internacional

    Escuelas Ambientalmente Sostenibles y Cultura 3R, do Instituto Nacional de Bienestar Estudiantil (INABIE) –República Dominicana

  5. Cidades Sustentáveis e/ou Inovação Digital

    Auditoria Cívica na Saúde, do Instituto de Fiscalizacão e Controle –Brasília (DF)

  6. Educação

    Vamos enCURTAr essa história?, do Erem Frei Orlando –Itambé (PE)

  7. Geração de Renda

    A trama do algodão que transforma, da Cooperativa Central Justa Trama –Porto Alegre (RS)

  8. Meio Ambiente

    Reuso de resíduos vítreos de aterros sanitários: meio ambiente e renda, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná –Toledo (PR)

A esposa de Jair Bolsonaro entregou o prêmio da categoria especial Primeira Infância, cujo primeiro lugar foi do projeto Visitação Domiciliar na Primeira Infância, criado pela Secretaria da Saúde de Porto Alegre.

Na categoria Algodão Agroecológico, a tecnologia social vencedora foi a desenvolvida pela Associação de Apoio a Políticas de Melhoria de Qualidade de Vida, Meio Ambiente e Verticalização da Produção Familiar, de Remígio (PB), que tem no algodão orgânico ferramenta de geração de renda.

Neste ano, a premiação recebeu 801 inscrições. Dessas, 123 tecnologias sociais passaram a fazer parte do Banco de Tecnologia Sociais da FBB, que passou a se chamar Plataforma Transforma. 

É uma base de dados online que reúne metodologias reconhecidas por promoverem a resolução de problemas comuns a diversas comunidades brasileiras. São mais de mil iniciativas disponíveis para reaplicação.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.