Evento traz atendimento de saúde gratuito em homenagem à morte de médico

Dia do DNA do Amor marca a data da morte de médico empreendedor social, Roberto Kikawa

São Paulo

Neste domingo (10), completa um ano da morte do médico criador das carretas da saúde, Roberto Kikawa, morto durante um assalto no bairro do Ipiranga, em São Paulo.

Kikawa fundou negócios de impacto social como a Fleximedical, em 2004 e o CIES em 2008. Vencedor de prêmios nacionais e internacionais, o médico dedicou sua vida a ajudar as pessoas em alta vulnerabilidade social por meio da medicina.

Até a data de sua morte mais de 2 milhões de pessoas haviam sido beneficiadas gratuitamente com atendimentos médicos especialistas realizados em unidades móveis de saúde. 

O médico Roberto Kikawa, fundador do Cies Global e vencedor do prêmio Empreendedor Social em 2010 - Renato Stockler

dia do dna do amor

Em homenagem ao médico e empreendedor social morto precocemente, familiares, amigos e parceiros se reuniram para criar o Dia do DNA do Amor, evento em que serão promovidos curtos discursos inspiradores para mais pessoas se engarem em causas sociais, como Kikawa fez, além de atendimento médico gratuito à população. 

Em sua primeira edição, o evento ocorrerá no Parque da Independência, no bairro do Ipiranga —o mesmo onde Kikawa foi assassinado.

Unidades móveis serão instaladas para atendimentos médicos, feitos por voluntários das áreas de saúde do homem, da mulher e do idoso.

Aconselhamento psicológico, consultas oftalmológicas, ginecológicas e urológicas, além de medições de pressão arterial e glicemia serão oferecidos das 10h às 17h. 

o criador das carretas da saúde

Roberto Kikawa sempre se interessou pelo cuidado humano desde quando era um jovem escoteiro. Mais tarde, na faculdade de medicina, enfrentou momentos difíceis devido ao câncer do pai.

Em seu leito de morte, o pai pediu ao filho que se tornasse um médico de verdade, dos que olham para os pacientes nos olhos e que fazem o máximo para prevenir doenças. Pediu que, mesmo que diagnosticasse doenças sem cura, mantivesse o caráter acolhedor em atendimentos humanizados.

Filho único, Kikawa prometeu atender ao desejo do pai. 

Após uma trajetória de sucesso como cirurgião e gastroenterologista, ele decidiu que era hora de cumprir a promessa feita e passou a desenvolver inovações tecnológicas na área da saúde.

Era o início da Fleximedical Soluções Médicas, em paralelo a seus serviços de atendimento em clínica particular, além de ser diretor do Hospital São Camilo e professor em universidades de medicina.

Poucos anos depois, entendeu que deveria fazer mais. Criou o CIES Global, organização que, em parceria com o setor público e privado, oferecia atendimento médico gratuito a pessoas que estavam há muito tempo na fila de espera por exames, consultas e cirurgias.

Roberto recebeu muitas respostas negativas e muitas respostas positivas. Assim, com muito esforço, dedicação, trabalho e parcerias, acabou sendo vencedor do Prêmio Empreendedor Social do Ano, da Folha de S. Paulo em parceria com Fundação Schwab, passando a participar dos encontros do fórum na Europa, Ásia, África e América Latina.

No dia 10 de novembro de 2018, aos 48 anos, enquanto dava uma carona a um membro da equipe de volta para sua casa, foi brutalmente assassinado em uma tentativa de assalto, deixando um legado de amor ao próximo. 

Dia do DNA do Amor - Dom. (10), das 10h às 17h - Praça do Monumento, sem número, Ipiranga - São Paulo - SP

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.