Festival promove o empreendedorismo negro durante um mês inteiro de programação

Edição 2019 celebra os 18 anos da Feira Preta e deve reunir mais de 30 mil pessoas

São Paulo

O Festival Feira Preta 2019 , maior evento de cultura negra da América Latina, que neste ano chega à maioridade, começou no sábado (2), em São Paulo, e vai até 8 de dezembro.

O evento, que reuniu mais de 50 mil pessoas em 2018, ocupa vários pontos da cidade com uma extensa programação, que inclui feiras de produtos e serviços, palestras, workshops, shows, exposições, gastronomia, cinema e literatura, além de atividades focadas na disseminação e no fomento do empreendedorismo e da cultura negra.

Com a expectativa de reunir cerca de cem empreendedores negros, de diferentes regiões do país, e receber mais de 30 mil visitantes, as atrações se estenderão por todo o mês de novembro e início de dezembro, com a Feira Preta encerrando o festival, nos dias 7 e 8 de dezembro.

Consultoras da marca de cosméticos Makeda na loja da marca em São Paulo. A fundadora, Sheila Makeda, encontrou na PretaHub e na Feira Preta a chance de se firmar como mulher de negócio negra e da periferia - Renato Stockler

No encerramento, serão realizadas atividades simultâneas em espaços como o Sesc 24 de Maio, a Praça Dom Oriente, o Instituto Tomie Ohtake, o Petra Bellas Artes, o Mercado Livre, o Instituto Moreira Salles, a Audio Club e o Memorial da América Latina.

"Em 18 anos, construímos o maior festival de cultura negra e a maior feira de afroempreendedorismo da América Latina. Nesse período, a Feira Preta reuniu mais de 170 mil pessoas, 900 artistas nacionais e internacionais, 1.200 expositores do Brasil e América Latina e movimentou cerca de R$ 5 milhões na venda de produtos e serviços", conta Adriana Barbosa, CEO da PretaHub e presidente da Feira Preta.

Adriana Barbosa, fundadora da Feira Preta e PretaHub e vencedora do Troféu Grão 2019, recebeu o prêmio da ombudsman da Folha, Flávia Lima, durante a cerimônia do Prêmio Empreendedor Social, na noite de segunda-feira (4), no Teatro Porto Seguro, em São Paulo - Eduardo Anizelli/Folhapress

Barbosa também foi a vencedora do Troféu Grão 2019, a mais nova categoria do Prêmio Empreendedor Social, voltada a líderes de organizações sociais sem fins lucrativos.

Organizado pela PretaHub, o evento busca mostrar a riqueza, pluralidade e importância da cultura africana e afro-brasileira, com produtos desenvolvidos por empreendedores negros.

A programação completa do Festival Feira Preta está disponível no site oficial.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.