Capes e Natura lançam prêmio para estimular pesquisa científica

Pesquisadores com foco em sustentabilidade e biodiversidade receberão até R$ 25 mil

São Paulo

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) do Ministério da Educação (MEC) e a multinacional brasileira de cosméticos Natura lançam a terceira edição do Prêmio Capes/Natura Campus de Excelência em Pesquisa.

O prazo para as inscrições se encerra em 28 de fevereiro. O edital pode ser consultado no site oficial. Os vencedores serão anunciados em junho de 2020 pelo Diário Oficial da União.

O prêmio busca estimular a produção de pesquisa científica focada em sustentabilidade e biodiversidade, temas estratégicos para o desenvolvimento econômico do país.

Os artigos submetidos devem tratar de assuntos relacionados a "Ciências moleculares e bioinformática com aplicações em tecnologias cosméticas" e "Amazônia: a ciência de dados contribuindo para conservação socioambiental e uso sustentável dos recursos naturais”.

Voluntários do Litro de Luz, organização que cria soluções em iluminação para comunidades sem acesso a energia elétrica na Amazônia, participam de programa de integração e manutenção de sistemas de iluminação comunitária, na região do Médio Juruá, em Carauari (AM) - Renato Stockler

O mecanismo de seleção e reconhecimento consiste na avaliação, pela Capes, de artigos publicados em veículos de alto impacto científico.

Premiação

Será selecionado um artigo em cada uma das duas temáticas. O prêmio consiste é de R$ 25 mil para cada um dos vencedores, passagem aérea e diária para que os autores compareçam à cerimônia de premiação. O local da premiação será divulgado em breve.

Os premiados receberão certificado de premiação para o programa de pós-graduação e pesquisa de onde se originou o artigo premiado. Segundos e terceiros colocados também receberão certificados durante a solenidade.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.