ONG combate notícias falsas e conscientiza comunidades sobre coronavírus

Social Good Brasil usa a tecnologia como chave para minimizar efeitos da pandemia

São Paulo

O Social Good Brasil, organização sem fins lucrativos que busca fomentar o uso de tecnologias exponenciais com o objetivo de aumentar o impacto social no Brasil convida instituições –públicas, privadas e ONGs– e comunidades para o movimento #TodosContraOCoronavirus.

A proposta é auxiliar cidadãos, governantes e empreendedores informando, educando e aumentando a conscientização do uso das tecnologias atuais para orientar e minimizar ruídos e riscos durante o período de distanciamento social.

As orientações estão disponíveis no site oficial.

Social Good Brasil cria mobilização em rede para conscientizar comunidades sobre coronavírus
Equipe da Social Good Brasil. ONG cria mobilização em rede para conscientizar comunidades sobre coronavírus - Fernando Willadino/Divulgação

“Em meio a uma crise em que todos estão em pânico, estimular a busca por dados legítimos ajuda a população a entender o cenário e tomar decisões mais acertadas para conter a epidemia”, afirma Ana Addobbati, diretora da Social Good Brasil.

De acordo com a diretora, nada mais urgente do que apoiar a população com ferramentas digitais de alcance para que a informação útil chegue a todos. “Queremos estimular o uso ético das redes e da tecnologia para empoderar a população em suas decisões”, explica

Para isso, a campanha conta ainda com ações online e offline. “Convocamos a todos a ocupar as redes sociais e disseminar conteúdos curados. Precisamos ajudar a prevenção e conscientização de nossas comunidades acerca da importância de combater ativamente a circulação de notícias falsas, as fake news”, explica.

Uma parceria recém firmada com as Redes Cordiais e com a Agência Lupa, especializada em checagem de informações, contribuirá com um fact-checking dos dados que chegam aos cidadãos pelas redes sociais ou mesmo via Whatsapp.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.