Descrição de chapéu Coronavírus

'Operação Antivírus': jogo estimula jovens a combater o Covid-19 sem sair de casa

Iniciativa da Jornada X com FGVcenn propõe sete missões para que o jogador resolva problemas sociais com criatividade

São Paulo

O Centro de Empreendedorismo e Novos Negócios da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGVCenn), em parceria com a Jornada X, lançou o game “Operação Antivírus X” contra o coronavírus.

As duas organizações reuniram uma tropa de profissionais para, em apenas cinco dias, entregar o jogo que desafia jovens de 12 a 25 anos, de todo o Brasil, a ajudar a sociedade a enfrentar a pandemia do Covid-19 por meio da solução de problemas sociais em uma gincana virtual.

Criada pela ong LiveLab, a Jornada X segue uma metodologia de redes em que não há um líder único —todos caminham em suas direções com objetivos específicos distintos, porém com foco social.

Em um total de setes missões, o participante seguirá uma jornada cooperativa, que auxilia os grupos a atingirem seus objetivos em um caminho épico e de impacto.

“No final do jogo, teremos muitos jovens engajados, brincando com o propósito e mudando a perspectiva do momento de crise e vulnerabilidade para uma perspectiva positiva de conquista, bem-estar e potência”, afirma Edgard Barki, coordenador do FGVCenn.

"Contaremos com a criação de um acervo de fotos e vídeos, produzidos pelos jovens, com boas ideias e práticas para serem compartilhadas", acrescenta Barki.

Com isso, a equipe realizadora do game pretende transformar o Brasil em referência no desenvolvimento de habilidades socioemocionais e no uso de tecnologias digitais colaborativas para a solução de problemas contemporâneos.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.