Descrição de chapéu Ao Vivo em Casa

Empreendedores sociais discutem desafio global da Covid-19 em live nesta sexta

Líderes de impacto compartilham suas inovações no atendimento aos mais vulneráveis e debatem a mudança de mentalidade no mundo pós-coronavírus

São Paulo

Líderes do movimento global Catalyst 2030 e o do Movimento Bem Maior, iniciativa nacional de filantropia, são os convidados do Empreendedor Social para o Ao Vivo em Casa, série de lives da Folha. A transmissão será nesta sexta-feira (1º), às 17h. O acesso estará disponível a partir das 15h em youtube.com/Folha.

Vera Cordeiro (Saúde Criança), Gisela Solymos (Cren - Centro de Recuperação e Educação Nutricional) e Rodrigo Baggio (Recode) são três dos representantes do Brasil no Catalyst 2030, coalizão de inovadores sociais que busca por meio de parcerias e colaboração atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU.

Em resposta à crise da Covid-19, irá ao ar na quinta-feira (30) e na sexta-feira (1º) a Catalysing Change Campaign, campanha idealizada pelo movimento para dar visibilidade em todo o mundo a ações de impacto rápido em segurança alimentar, saúde, educação, higiene e outras necessidades urgentes neste momento de emergência sanitária, econômica e social.

Serão disponibilizadas sessões virtuais sobre essas áreas de atuação, apresentadas por empreendedores sociais de destaque em diversos países, todos atuando na linha de frente do combate à pandemia.

A campanha aglutinou líderes em inovação e impacto das mais importantes redes internacionais de empreendedorismo social, entre elas Fundação Schwab, parceira da Folha na realização do Prêmio Empreendedor Social no Brasil, a Ashoka, a Echoing Green, a Skoll Foundation.

Além do trio, a transmissão conta ainda com a participação de Carola Matarazzo, presidente do Movimento Bem Maior, que apoia diversas iniciativas de impacto social no país.

Em meio à pandemia, o Bem Maior lançou em parceria com o Idis e com a BSocial o Fundo Emergencial para a Saúde Coronavírus Brasil, que capta recursos para a Fundação Oswaldo Cruz, Hospital das Clínicas, Santa Casa de São Paulo e ONG Comunitas durante a pandemia.

Um dos assuntos abordados será a crise da Covid-19 como momento histórico para o terceiro setor e a filantropia brasileira. Foram arrecadados mais de R$ 3,4 bilhões em doações e investimento social privado para mininizar os impactos do coronavírus entre as populações mais vulneráveis e para fortalecer o SUS (Sistema Único de Saúde).

Perspectivas pós-pandemia também serão debatidas, além de formas de reinventar as organizações da sociedade civil e como manter a mobilização contra grandes problemáticas brasileiras, entre elas a desigualdade social.

PROGRAMAÇÃO DAS LIVES

  • Quinta-feira

    Conversa com Maria Cristina Irigoyen Peduzzi, presidente do TST (Tribunal Superior do Trabalho), mediada por Fernando Canzian, repórter da Folha

  • Sexta-feira

    Conversa com José Celso, diretor de teatro, mediada por Nelson de Sá, colunista da Folha

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.