Mesmo em isolamento, Graacc mantém voluntariado engajado

Projeto 'Conhecendo a Alma do Graacc' informa e estimula a equipe diante das transformações causadas pelo coronavírus

São Paulo

Com as adaptações necessárias para enfrentar a pandemia do novo coronavírus, o Hospital do Graacc suspendeu temporariamente as atividades de atendimento realizadas pelo voluntariado da instituição, que conta com cerca de 600 pessoas.

Para manter o grupo engajado e motivado, o hospital criou o projeto "Conhecendo a Alma do Graacc". Trata-se de boletins enviados aos voluntários por email, duas vezes por semana, com um compilado de informações sobre a instituição, desde como tudo começou até as mais modernas técnicas de tratamento oferecidas aos seus pacientes.

Advogada aposentada Maria Alves Vilar presta trabalho voluntário no hospital do Graacc (Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer) há 18 anos - Ronny Santos/Folhapress

"O objetivo é apresentar e explicar o que se faz no Hospital do Graacc em todas as áreas, já que os voluntários atuam em áreas específicas e normalmente não acompanham o que acontece nos outros setores", explica Vera Secaf, coordenadora geral do voluntariado do Hospital.

Baseado no sucesso do trabalho oferecido pela coordenadora do setor de visitas, Claudia Fernanda Monte, foi criado o projeto "Conhecendo a Alma do Graacc" que atinge todos os voluntários.

"Este projeto amplia o conhecimento, estimula o pertencimento de cada um dentro da instituição e ainda faz entender sua missão no Graacc", salienta Meiry Nassar, coordenadora do voluntariado. "Eles também percebem que, em conjunto, são fundamentais para a excelência do atendimento."

Em 2019, foram atendidos mais de 4.000 pacientes e realizadas mais de 35 mil consultas, 1.400 procedimentos cirúrgicos e 22 mil sessões de quimioterapia.

Criada em 1991, a instituição é referência no tratamento e na cura do câncer infantojuvenil, principalmente em casos de maior complexidade.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.