Descrição de chapéu Coronavírus Dias Melhores

TikTok doa R$ 2,7 milhões ao sistema público de saúde do Brasil

Aplicativo já contribuiu para a Central Única das Favelas e para a Ação da Cidadania, partindo agora para o Fundo Emergencial da Saúde

São Paulo

O TikTok, aplicativos de vídeos curtos que é febre no Brasil e no mundo, doou a quantia de U$ 500 mil (mais de R$ 2,7 milhões) ao sistema público de saúde do Brasil por meio do Fundo Emergencial da Saúde – Coronavírus Brasil.

Criado pelo Idis (Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social), BSocial e Movimento Bem Maior, o fundo chega perto dos R$ 9 milhões com a contribuição do TikTok.

A quantia doada beneficiará as instituições ligadas ao fundo, entre elas Fiocruz, Santa Casa de São Paulo, Hospital São Paulo, Hospital Santa Marcelina, Santa Casa de Araçatuba e Communitas.

Febre no Brasil e no mundo, o TikTok é o principal destino de vídeos para celular em formato curto - AFP

Com o aporte, são distribuídos materiais e equipamentos para os profissionais da saúde que atuam na linha de frente do combate à pandemia, incluindo testes rápidos para a detecção da Covid-19, máscaras, respiradores mecânicos e outro itens essenciais.

“Nós estamos gratos por fazer parte do cotidiano dos brasileiros. Temos visto quanto as pessoas estão unidas na nossa plataforma, enviando mensagens de esperança", afirma Rodrigo Barbosa, gerente de comunidade do TikTok.

"Mesmo em tempos difíceis como esse, nós queremos ter uma pequena participação nesse movimento global de apoio mútuo e esperamos que essa doação ajude a prover suprimentos aos heróis que estão na linha de frente dessa batalha global."

Além do Fundo Emergencial, o TikTok lançou de 24 de abril até 3 de maio uma campanha de engajamento online para arrecadar U$ 500 mil para as ONGs Central Única de Favelas (Cufa) e a Ação da Cidadania.

O desafio #JuntosVamosVencer contemplava o engajamento via uso da hashtag e de um filtro especial, além da transmissão de lives com artistas conhecidos do público brasileiro.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.