Curso de organização da Rede Folha discute turismo responsável

Liderado pelo Instituto Vivejar, curso livre e gratuito alcançou seis países com a participação de mais de 600 profissionais de impacto em turismo

São Paulo

O Instituto Vivejar é uma spin-off resultante da experiência de duas empresas: a Vivejar, especializada em turismo responsável e comunitário no Brasil, e a Inverted America, agência de consultoria especializada em elaboração de planos de negócio e estratégia de promoção do turismo responsável para a América do Sul.

A nova organização sem fins lucrativos quer desenvolver pontes entre todos aqueles que estão envolvidos na atividade turística com um objetivo único: promover o desenvolvimento sustentável do turismo nos destinos e principalmente para seus moradores.

Com este objetivo em mente, Marianne Costa e Gustavo Pinto, fundadores do Instituto Vivejar, lançaram no dia 15 de julho o curso livre "Turismo Responsável: tirando seu projeto do papel".

O primeiro módulo do curso, gratuito, acontecerá às quartas feiras do mês de Agosto, sempre de 18h30 às 19h30. De acordo com a instituição, foram 608 inscritos no total, oriundos de todos os estados brasileiros e seis países diferentes.

"O turismo é uma estratégia eficiente para mudar a realidade de destinos. Nosso objetivo é acelerar esta a mudança fomentando a inovação em parceria com governos, destinos, empresas, associações e com o próprio turista", diz Marianne Costa, diretora da Vivejar e integrante da Rede Folha de Empreendedores Socioambientais.

As inscrições para o curso já foram encerradas, e as aulas começam nesta quarta-feira (5). Ainda estão programados outros três módulos para o curso: "Destino Responsável", que acontecerá em setembro e outubro; "Empreendimento Responsável", programado para novembro e dezembro; e "Marketing Turístico Responsável", que deverá ocorrer no início de 2021.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.