Especial Covid-19: o que é

Prêmio Especial 2020 - Empreendedor Social do Ano em Resposta à Covid-19

Por 15 anos, o Prêmio Empreendedor Social, realizado pela Folha em parceria com a Fundação Schwab, fomentou líderes socioambientais à frente de iniciativas inovadoras e sustentáveis, com diferentes focos de impacto.

Em 2020, o maior concurso de empreendedorismo social na América Latina se reformula em prol de um interesse comum: o enfrentamento à pandemia do novo coronavírus e seus desafios. Em edição especial, a Folha e a Schwab realizam o Prêmio Empreendedor Social do Ano em Resposta à Covid-19.

O objetivo é selecionar, premiar e fomentar líderes de ações de destaque durante a pandemia, especialmente entre as populações mais vulneráveis, por meio de soluções inovadoras capazes de levar ajuda emergencial, mitigar os efeitos negativos e também deixar um legado para o pós-pandemia.

Colaboração é a palavra que vai nortear o concurso nesta edição especial para eleger 30 iniciativas de impacto social (10 em cada categoria) em resposta aos desafios trazidos pela Covid-19 ao país e para o enfrentamento de uma crise sanitária, social e econômica sem precedentes.

Os finalistas ganham projeção nacional e internacional, reforçada pelo alto nível de qualificação e pelo networking oferecidos pelos parceiros, pela Rede Folha de Empreendedores Socioambientais e pela Rede Schwab de Empreendedores Sociais, uma das entidades-irmãs do Fórum Econômico Mundial.

Critérios de seleção e requisitos: leia o regulamento.

SUBCATEGORIAS

Os semifinalistas do concurso serão divididos pela Banca Avaliadora em três subcategorias. São elas:

Ajuda humanitária

Se alinham a essa subcategoria iniciativas de caráter socorrista e emergencial, com base comunitária e periférica. As ações devem ser de amparo às comunidades brasileiras mais vulneráveis durante a pandemia da Covid-19.

Mitigação da Covid-19

Essa subcategoria é voltada a iniciativas relacionadas a áreas estratégicas de mobilização de recursos, que contribuíram para a redução dos impactos negativos gerados diretamente pela Covid-19.

Legado Pós-Pandemia

Nessa terceira subcategoria serão incluídas iniciativas voltadas à retomada da economia e contribuições para um futuro menos desigual e mais sustentável. São casos que deixam legados de maior eficiência em gestão, no uso de dados e de tecnologia, em influência em políticas públicas, entre outros.

Inscreva-se

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.