Movimento lança programa de educação e geração de renda para combater a pandemia

No Dia do Voluntariado, Transforma Brasil lança iniciativa Educar Transforma, que marca a segunda fase de ações ligadas ao fundo emergencial criado pela organização

São Paulo

O Transforma Brasil, movimento que tem como objetivo estimular o voluntariado e o engajamento cívico no país, lança nesta sexta-feira (28), Dia do Voluntariado, o programa Educar Transforma, iniciativa para geração de emprego e renda que deve receber aporte de R$ 25 milhões do Fundo Emergencial Transforma Brasil e de parceiros da organização.

O fundo foi criado pelo movimento Transforma Brasil no início da pandemia com o objetivo de mitigar os impactos da crise em comunidades vulneráveis.

Na primeira fase, o movimento arrecadou mais de R$ 31 milhões, que foram destinados para ações de assistencialismo. Foram doadas cerca de 6.000 toneladas de alimentos, atendendo 400 mil famílias em 27 estados brasileiros por meio de 3.000 entidades sociais.

Lançada no Dia do Voluntariado, iniciativa Educar Transforma de geração de emprego e renda deve receber aporte de R$ 25 milhões de fundo emergencial e parceiros
Lançada no Dia do Voluntariado, iniciativa Educar Transforma de geração de emprego e renda deve receber aporte de R$ 25 milhões de fundo emergencial e parceiros - Divulgação

​Também foram distribuídos 14 mil litros de álcool, 63 mil litros de derivados de leite, 54 mil litros de água, 200 toneladas de produtos de higiene e limpeza, 20 mil máscaras e quase 143 mil marmitas e lanches.

Na segunda etapa, que terá início no do dia 28 de agosto, o foco é promover um programa educacional que fomente o desenvolvimento econômico e social de pessoas em situação de vulnerabilidade.

O programa, financiado pelo fundo Transforma Brasil, visa a geração de renda por meio da empregabilidade, empreendedorismo social e micro empreendedorismo.

O Educar Transforma será desenvolvido em três pilares: capacitação (qualificação com conteúdo digital), incubação (mentoria e acompanhamento com projetos e iniciativas sociais), aceleração (acesso a recursos financeiros e materiais).

Dentro desse ecossistema, estão contemplados: ambiente virtual para capacitação e mentoria, mentores especialistas por área oriundos de instituições da rede Transforma Brasil (organizações da sociedade civil e empresas), kits de aceleração, microcrédito, definição das premissas para avanço nas fases do programa e acesso ao networking do ecossistema (parceiros, possíveis empregadores/empresas e investidores.

A ação tem como objetivo estimular o currículo social contribuindo para a valorização do mesmo diante da retomada do mercado e da abertura de vagas de emprego, promovendo assim a empregabilidade, além de fomentar o uso do microcrédito de maneira consciente em áreas de vulnerabilidade social, possibilitando acesso a recursos públicos e/ou privados dentro das comunidades.

“O Educar Transforma, por meio do fundo e com o auxílio dos nossos parceiros, promoverá uma série ações de educação cidadã e profissional para fomentar a empregabilidade e o desenvolvimento de microempreendedores (microempresas e negócios sociais), aumentando, dessa forma, as oportunidades para pessoas que foram afetadas pela pandemia”, explica Fábio Silva, empreendedor social e fundador do Transforma Brasil.

Os beneficiários do Educar Transforma são pessoas de baixa renda com até três salários mínimos e/ou em situação de vulnerabilidade social cadastradas na plataforma do movimento.

A meta é capacitar 1 milhão de pessoas, sendo 100 mil mentoradas e 50 mil aceleradas. Para atingir esse resultado, a expectativa é de que 5.000 projetos cadastrados na plataforma Transforma Brasil participem da iniciativa.

O Transforma Brasil conta com mais de 3.000 projetos e iniciativas sociais espalhadas pelo Brasil que atuam nas comunidades locais e já beneficiam mais de 1 milhão de pessoas. A plataforma atua em 26 frentes como: cultura e arte, combate à pobreza, igualdade de gênero, ações emergenciais, dependentes químicos, proteção animal, inclusão, entre outras.

O Transforma Brasil também conta com mais de 200 mil brasileiros cadastrados e quase 3 milhões de horas de trabalho voluntário em seu "voluntariômetro". As ajudas podem ser por meio empresarial, com cotas a partir de R$ 5.000, ou civil com voluntários e cidadãos, com valores partindo de R$ 5.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.