ONG inicia distribuição de 1,8 milhão de refeições em parceria com Mastercard

Empresa e ONG Visão Mundial se uniram para ajudar famílias em situação de vulnerabilidade; entregas acontecem em cinco estados

São Paulo

Com uma iniciativa que busca ajudar o Brasil a superar a pandemia da Covid-19 por meio de ações coletivas que minimizam os impactos da doença na sociedade, a ONG Visão Mundial, em parceria com a Mastercard, iniciou nesta quinta-feira (13) a distribuição de 5.000 cestas básicas a famílias em situação de vulnerabilidade.

A estimativa é que as entregas se transformem em 1,8 milhão de refeições para famílias do Rio de Janeiro, Pernambuco, Amazonas, São Paulo e Roraima.

Distribuição de cestas básicas feita pela Ong Visão Mundial faz parte do movimento da Mastercard "Faça parte: comece o que não tem preço", lançado no início de junho para combater a fome e reduzir os efeitos da pandemia por meio de ações concretas
Distribuição de cestas básicas feita pela Ong Visão Mundial faz parte do movimento da Mastercard "Faça parte: comece o que não tem preço", lançado no início de junho para combater a fome e reduzir os efeitos da pandemia por meio de ações concretas - Divulgação

As distribuições iniciaram no dia 13 no Rio de Janeiro, e seguem até o início de setembro nos demais estados. Serão realizadas de 13 a 21 de agosto na capital carioca, de 14 a 18 de agosto em quatro municípios pernambucanos, de 18 a 20 em Manacapuru (AM) e nos dias 25 e 26 em Manaus. Também estão previstas entregas em São Paulo, Boa Vista e Pacaraima (RR), ainda com datas a serem confirmadas.

"A Visão Mundial trabalha para reduzir o impacto da Covid-19 na vida de pelo menos 72 milhões de pessoas vulneráveis em todo o mundo, incluindo 36 milhões de crianças. No Brasil, já alcançamos mais de 1,5 milhão de pessoas em nossa resposta à emergência, priorizando aquelas que vivem em vulnerabilidade e fragilidade pré-existentes", afirma Martha Yaneth Rodriguez, diretora nacional da Visão Mundial no Brasil.

"Apoiando as crianças e suas famílias com cesta básica e vale-alimentação, podemos minimizar não apenas os riscos eminentes da fome causada pela Covid-19 e seu impacto econômico, mas também podemos proporcionar mais dignidade a famílias inteiras, ajudando diretamente a prevenir violências física, emocional e econômica", completa.

A ONG dedica esforços e recursos para garantir proteção e bem-estar de crianças, adolescentes e jovens que vivem nas comunidades mais pobres do Brasil. Para doações, a Visão Mundial disponibiliza o telefone 0800 70 70 374 e o site http://visaomundial.org/covid19/.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.