Embaixada dos EUA e Grupo +Unidos lançam programa de empreendedorismo feminino

Objetivo é oferecer a 90 mulheres um programa online sobre empreendedorismo voltado para um crescimento comercial duradouro

São Paulo

Na segunda-feira (16), para marcar a Semana Global do Empreendedorismo (GEW), a Embaixada e Consulados dos EUA no Brasil, em parceria com o Grupo +Unidos, lança a Academia para Mulheres Empreendedoras (AWE).

Voltada para mulheres empreendedoras que buscam oportunidades para ampliar seus negócios, a iniciativa estará disponível no Distrito Federal e nas regiões metropolitanas de São Paulo e do Rio de Janeiro. São 30 vagas para cada região e o processo de seleção vai até 6 de dezembro.

A Embaixada e Consulados dos EUA no Brasil, em parceria com o Grupo +Unidos, lança a Academia para Mulheres Empreendedoras (AWE Academy For Women Entrepreneurs, na sigla em inglês)
A Embaixada e Consulados dos EUA no Brasil, em parceria com o Grupo +Unidos, lança a Academia para Mulheres Empreendedoras (AWE) - Divulgação

Para participar, é necessário que as candidatas sejam maiores de 21 anos, residam no Distrito Federal ou nas regiões metropolitanas das cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo e já tenham um negócio estabelecido por pelo menos dois anos.

As inscrições para a AWE Brasil estão abertas em: https://maisunidos.org/awebrasil

O currículo, baseado nos dez módulos do curso online do Coursera "10 mil Mulheres", contará com aulas de expansão de negócios, finanças, planejamento financeiro, negociação, vendas, marketing, operações, gerenciamento, etc., tudo isso complementado com palestras, oficinas, visitas, feiras virtuais, interação com empreendedoras de sucesso, acesso a ferramentas inovadoras e várias outras atividades de enriquecimento profissional.

Uma vez selecionadas, as 90 participantes receberão apoio de infraestrutura que atenda às suas necessidades específicas para que possam acompanhar integral e ativamente toda a programação do AWE.

"O programa trará oportunidades imensuráveis para mulheres empreendedoras nessas regiões. Não é apenas um treinamento, mas sim, possibilidades de ampliar suas redes de contatos e de adquirir ferramentas para um futuro melhor. Ao desenvolver a capacidade das mulheres de serem economicamente independentes, coisas boas acontecem na sociedade, e esse é apenas mais um dos benefícios do governo dos EUA realmente investindo no AWE", ressalta o embaixador norte-americano, Todd Chapman.

“A missão do Grupo +Unidos é preparar as pessoas para viverem dentro de uma economia baseada no conhecimento. Por isso, trabalhamos para dar ao maior número de brasileiros as ferramentas para que criem, adquiram, troquem e sejam transformados pela informação. Lançando a AWE no Brasil, atingimos esse objetivo e vamos além, levando recursos exclusivamente para mulheres empreendedoras em um momento tão desafiador da nossa história”, aponta o diretor executivo do Grupo +Unidos, Daniel Grynberg.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.