Uma doação a cada dois votos marca segunda etapa da Escolha do Leitor

Na reta final da votação popular, conheça iniciativas que lideram votos e doações na categoria Mitigação da Covid-19 do Empreendedor Social do Ano

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Na última semana de votação da Escolha do Leitor, enquete voltada às dez iniciativas da categoria Mitigação da Covid-19 reconhecidas pelo Prêmio Empreendedor Social do Ano, a cada dois votos, uma doação é feita pelo público.

As iniciativas Humanizando a Pena, Protegendo a Vida e Fundo Emergencial para a Saúde lideram o número de votos. A terceira colocação segue disputada pela Heróis Usam Máscaras e Comitê das Favelas. A seguir, + Manutenção de Respiradores e Unidades Móveis de Enfrentamento à Covid-19 mostram engajamento crescente de votos.

Lideram o volume de doações até o momento Fundo Emergencial para a Saúde, Unidades Móveis de Enfrentamento à Covid-19 e Comitê das Favelas. As finalistas Humanizando a Pena, Protegendo a Vida e Missão Covid-19 aparecem nas colocações logo abaixo.

A enquete, disponível em folha.com/escolhadoleitor2021 recebeu quase 60 mil votos do público e as dez iniciativas arrecadaram juntas R$ 30 mil até esta sexta-feira (23). A uma semana do fim da votação, espera-se crescimento exponencial no número de votos e doações, a exemplo do que ocorreu com a enquete da categoria Ajuda Humanitária.

“O convite lançado pela Escolha do Leitor ao público é extremamente importante para que mais pessoas conheçam essas iniciativas”, diz Ari Weinfeld, fundador e presidente do Conselho do Movimento Arredondar, parceiro do Prêmio Empreendedor Social nesta edição. “E além de votar e poder doar, convidamos todos a compartilhar nas suas redes, como forma de potencializar o impacto e a visibilidade dessas ações”, completa.

“Esse resultado demostra que a Escolha do Leitor também é uma excelente oportunidade para engajar os brasileiros com doações”, afirma Felipe Antunes, sócio-diretor da Doare, plataforma referência na captação para causas e parceira da Folha na enquete.

O público pode votar quantas vezes quiser, de maneira rápida e fácil na plataforma, que neste ano também se abre a doações a partir de R$ 5 para as iniciativas.

As doações são automaticamente direcionadas às organizações, fundos e negócios sociais que atuaram na mitigação dos efeitos sanitários e econômicos da Covid-19 ano passado e seguem criando iniciativas de enfrentamento à crise.

Para Ricardo Dutra, CEO do PagSeguro PagBank, meio de pagamento exclusivo da Escolha do Leitor, o reconhecimento às iniciativas é fundamental neste momento de crise. “Nós nos orgulhamos em contribuir ativamente com o Prêmio Empreendedor Social através de tecnologias financeiras que facilitam não só o dia a dia de milhões de consumidores e empreendedores brasileiros como de quem busca apoio para projetos sociais e filantrópicos.”

É possível votar e doar até a meia-noite do dia 30 de abril, quando a enquete será encerrada. Os recordistas de votos e os líderes na captação de doações serão anunciados ao longo de 2021.

“A interação com o leitorado nesta edição da categoria popular vai além do voto e se converte na possibilidade de o público poder apoiar iniciativas que fizeram diferença na pandemia, uma vez que os desafios do enfrentamento à Covid-19 continuam”, afirma Sérgio Dávila, diretor de Redação da Folha.

Veja abaixo como votar e doar para sua iniciativa favorita.

VOTE NA SUA INICIATIVA FAVORITA NA ESCOLHA DO LEITOR

Clique para votar no Comitê das Favelas

Clique para votar na Florescer

Clique para votar no Fundo Emergencial para a Saúde

Clique para votar na Heróis Usam Máscaras

Clique para votar no Humanizando a Pena, Protegendo a Vida

Clique para votar no + Manutenção de Respiradores

Clique para votar no Matchfunding Enfrente

Clique para votar na Missão Covid-19

Clique para votar no Unidades Móveis de Enfrentamento à Covid-19

Clique para votar na Vitalk

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.