Empreendedor Social: Adriana Mallet vence na categoria Inovação para a Retomada do prêmio

Telemedicina e cabines autoesterilizáveis na favela evitaram a Covid em iniciativa de médica da SAS Brasil

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Adriana Mallet, 40, é a vencedora da categoria Inovação para a Retomada do Prêmio Empreendedor Social em Resposta à Covid-19 em 2021.

A médica intervencionista, que desde 2013 atua para tornar o acesso ao sistema de saúde mais amplo, acessível e justo, foi destaque ao usar tecnologia para combater a pandemia em favelas.

mulher loira de blusa azul cruza os braços sorrindo em frente a painé laranja escrito SAS Brasil e Sertões
Adriana Mallet Toueg, 40, é coordenadora médica da SAS Brasil - Renato Stockler

À frente da iniciativa Telemedicina SAS Brasil, aperfeiçoou plataforma que tratava pacientes com câncer a distância para cuidar de pessoas com sintomas respiratórios no Jardim Colombo (SP), Complexo do Alemão e na Maré (RJ), entre outras comunidades pelo país.

O monitoramento contra a Covid inclui uma trilha completa de inclusão digital na saúde, com triagem e agendamento pelo WhatsApp. As cabines autoesterilizáveis instaladas em pontos estratégicos evitavam o deslocamento e a contaminação de moradores, que passaram a contar com "médicos do Zap" em seus celulares.

Em uma segunda fase da pandemia, a organização desenvolveu as Unidades de Telemedicina Avançada, espaços móveis para suporte ginecológico, dermatológico, oftalmológico e odontológico. Mais de 40 mil pessoas foram beneficiadas pelo projeto, que não registrou óbitos por Covid entre os monitorados na crise sanitária.

A médica venceu na categoria que pensa a crise como aceleradora de futuros e incubadora de inovações para a retomada. Concorreu com Alex Roger Wytt, da Bebyte, que levou cursos a estudantes com a Robótica Espacial nas Escolas, e Suzana e Reinaldo Pamponet (Itsnoon), à frente da NoonApp - Renda e Inclusão Digital, que alia renda e saúde mental na pandemia.

A escolha de Adriana Mallet como Empreendedora Social do Ano na categoria Inovação para a Retomada foi feita por um júri composto de personalidades e especialistas, que contou, entre outros, com François Bonnici; diretor-executivo da Fundação Schwab, e Jaqueline Goes de Jesus, biomédica responsável por sequenciar o coronavírus.

Ao todo 317 projetos se inscreveram nesta segunda edição com foco no enfrentamento da pandemia da premiação realizada pela Folha em parceria com a Fundação Schwab.

O Prêmio Empreendedor Social tem patrocínio de Gerdau, Ambev, Sesi/Senai, Coca-Cola e Vedacit e parceria estratégica de Ashoka, ESPM, Fundação Dom Cabral, Pacto Global e UOL.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Leia tudo sobre o tema e siga:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.