Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
29/04/2011 - 13h06

Barco-hospital criado por Eugenio Scannavino Netto vira política pública do Ministério da Saúde

Publicidade

CÁSSIO AOQUI
PATRÍCIA TRUDES DA VEIGA
ENVIADOS ESPECIAIS AO RIO

Reprodução
World Economic Forum

Seis anos após ver seu sonho de 20 anos zarpar de Santarém (PA) rumo a uma comunidade que fica à beira do rio Arapiuns, o barco-hospital Aboré, Eugenio Scannavino Netto, eleito Empreendedor Social 2005, comemora o que ele chama de "uma enorme conquista".

Depois de monitorar por três anos o barco-hospital e comprovar seus excelentes resultados, o Ministério da Saúde publicou uma portaria autorizando o SUS a financiar modelos semelhantes de saúde da família fluvial em 3.000 municípios ribeirinhos da Amazônia e do Pantanal, conta Eugenio. "Em resumo, viramos uma política pública!''

No final de semana, o ministro da Sáude, Alexandre Padilha, estará no barco-hospital vacinando pessoas durante a Campanha de Vacinação contra a Gripe.

Desde 2006, o barco-hospital do projeto Saúde e Alegria vem atendendo 70 comunidades da amazônia paraense e beneficiando mais de 15 mil pessoas, que, de 40 em 40 dias, têm acesso a atendimentos médicos e odontológicos, vacinações, pequenas cirurgias e exames preventivos como pré-natal e PCCU.

Marcelo Leite - 12.dez.2006/Folhapress
A palhaça Macaxeira Jackson ensina crianças a escovar os dentes
A palhaça Macaxeira Jackson ensina a escovar os dentes

"Agora as populações mais isoladas, que são as ribeirinhas e as rurais, serão acessadas com dinheiro do SUS, e isso em cima do nosso exemplo", diz. Mas o empreendedor sabe que agora tem muito trabalho pela frente. "Precisamos de fôlego para tantas consultorias."

Isso porque o barco-hospital não é apenas um modelo de assistência médica e odontológica. Ele usa a arte e o circo para a educação das comunidades, e as universidades para estágios, residência e interiorização da medicina. "Não adianta colocar um barco com assistência malfeita."

Ações de educação e prevenção complementam esse modelo, com a realização de campanhas educativas acompanhando as visitas do barco. Arte-educadores apresentam o Circo Mocorongo (como é chamado quem nasce na região), com teatros e brincadeiras, repassando conhecimentos para evitar doenças e promover saúde com alegria.

Eugenio foi convidado pela Fundação Schwab para o papel de painelista na sessão "Impacto social por meio da cultura", na tarde de quinta-feira (27), no Fórum Econômico Mundial para a América Latina, no Rio de Janeiro (leia aqui).


 
Patrocínio: Coca-Cola Brasil e Portal da Indústria; Transportadora Oficial: LATAM; Parceria Estratégica: UOL, ESPM, Insper e Fundação Dom Cabral
 

As Últimas que Você não Leu

  1.  
  • Realização
  • Patrocínio
    • CNI
    • Vale
  • Parceria Estratégica
  • Parceria Institucional
  • Divulgação
    • Aiesec
    • Agora
    • Brasil Júnior
    • Envolverde
    • Endeavor
    • Ideia
    • Make Sense
    • Aspen
    • Semana Global de Empreendedorismo
    • Sistema B
    • Avina

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página