Descrição de chapéu Coronavírus Textos liberados

Folha libera acesso a textos com serviços relevantes sobre coronavírus a todos os leitores

Com avanço da doença, interesse pelo tema tem crescido no Google e nas redes sociais

São Paulo

​A Folha decidiu nesta quinta-feira (12) liberar o acesso de não assinantes a reportagens com informações relevantes sobre o novo coronavírus. A OMS (Organização Mundial de Saúde) decretou pandemia no dia 11 de março,

Com isso, o sistema de paywall, que restringe o acesso de usuários que não assinam o jornal, não estará em vigor nesses textos.​

Perderão a barreira reportagens que esclareçam dúvidas frequentes e contenham informações essenciais para o brasileiro lidar com a doença, como saber quais são seus sintomas.

As redes sociais estão desde o início da crise do coronavírus repletas de informações falsas. O jornalismo profissional é antídoto em tempos de fake news e a Folha busca contribuir para que mais brasileiros tenham acesso a notícias confiáveis.

Outros jornais pelo mundo adotaram a estratégia, como o americano The New York Times, o português Público e o argentino Clarín.

A Folha adotou o paywall em 2012 e é pioneira no uso desse sistema no Brasil. Atualmente, são liberados cinco textos por mês no site, exceto para blogs e colunas, cuja leitura é só para assinantes.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.