Governo nomeia professor da UFRJ como secretário de ciência e tecnologia na saúde

Ex-secretário foi exonerado e assume o cargo de assessor especial do ministro

Brasília

O governo publicou nesta segunda-feira (4) a nomeação do médico e biofísico Antônio Carlos Campos de Carvalho para ocupar o cargo de secretário de ciência e tecnologia do Ministério da Saúde.

Esse é o segundo nome confirmado até o momento na equipe do novo ministro, Nelson Teich. Até então, o único nome já oficializado era do general Eduardo Pazuello como secretário-executivo.

A medida foi publicada no Diário Oficial da União. O ato foi assinado pelo ministro-chefe da Casa Civil, Walter Braga Netto.

No cargo, Carvalho deve ficar responsável pela avaliação de incorporação de medicamentos e tecnologias ao SUS, incluindo análises de resultados de pesquisas sobre temas caros ao governo, como uso da cloroquina para tratamento do novo coronavírus.

O novo secretário é professor titular da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e tem mestrado e doutorado em biofísica pela mesma universidade. Seu foco acadêmico é a comunicação intercelular, células tronco e terapias celulares.

Ele já havia sido diretor do departamento de ciência e tecnologia da mesma secretaria entre 2013 e 2015.

O até então secretário de ciência e tecnologia do Ministério da Saúde, Denizar Vianna, foi exonerado do cargo nesta segunda-feira (4).

Na prática, Vianna deve continuar no ministério, como assessor especial de Teich, de quem é próximo. Ele havia chegado ao cargo anterior na gestão do ex-ministro, Luiz Henrique Mandetta.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.