Descrição de chapéu Colunista em casa

Mathias Alencastro recomenda livro sobre aliados de Putin

Série 'Fauda' e podcasts também estão entre as sugestões para a quarentena

Diariamente, durante a crise do coronavírus, um colunista ou um blogueiro da Folha indica sugestões para o período de quarentena, como livros, filmes, séries, entre outras opções.

Confira as recomendações de Mathias Alencastro, pesquisador do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento e doutor em ciência política pela Universidade de Oxford (Inglaterra).

Acompanhe todas as dicas dos colunistas aqui.

Para ler

Putin's People: How the KGB Took Back Russia and Then Took on the West
Ed. Farrar, Straus and Giroux, 2020. R$ 195 (640 págs.) Kindle R$ 55

Capa do livro 'Putin’s People: How the KGB Took Back Russia and Then Took on the West'
Capa do livro 'Putin's People: How the KGB Took Back Russia and Then Took on the West' - Reprodução

Inspirado pela família Bolsonaro, comecei o recém publicado "Putin's People", sobre a intervenção dos aliados de Vladimir Putin no Estado e a deriva autoritária da Rússia. Um grande livro para entender o submundo das relações internacionais. Ao lado da turma de Putin, a família Bolsonaro é o jardim de infância.

Para ver e ouvir

Doron controla um jovem pugilista durante uma longa missão secreta na busca de um líder do Hamas no seriado Fauda - Divulgação

Também assisti à terceira temporada de Fauda, a série que nos coloca no meio do conflito Israel-Palestina. Frenética e muitas vezes caricatural, ela ajuda a cansar a mente depois de um dia trancado em casa.

Depois de quase envenenar a família, troquei a cozinha pela faxina, e voltei ao velho hábito de ouvir um podcast enquanto dou um jeito na sala, transformada em playground do pequeno. Nesse caso, recomendo Talking Politics, de David Runciman, e Jurisprudence Course, de Scott Shapiro.

Fauda
Série. Netflix, 2015. 7h
Talking Politics
Podcast. talkingpoliticspodcast.com
Jurisprudence Course
Podcast. anchor.fm/scott-shapiro

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.