Descrição de chapéu Colunista em casa

Para dias iguais, Cecilia Machado recomenda "Feitiço do Tempo"

Rever o longa de 1993 é sugestão da colunista para a quarentena

Diariamente, durante a crise do coronavírus, um colunista ou um blogueiro da Folha indica sugestões para o período de quarentena, como livros, filmes, séries, entre outras opções.

Confira as recomendações da economista Cecilia Machado.

Acompanhe todas as dicas dos colunistas aqui.

Para ver

Feitiço do Tempo
Longa-metragem, 1993. 101 min

"Feitiço do Tempo"
Cena do filme "Feitiço do Tempo" - Divulgação

Quem, nesta quarentena, não se sente preso no feitiço do tempo? Revivendo o mesmo dia várias vezes sem fim? Podendo fazer certo hoje o que deu errado ontem? E, quem sabe, quando a sequência de acontecimentos estiver perfeita, saímos desta armadilha temporal? Nada melhor que matar o tempo com nossos filmes favoritos.

Para ler

Deaths of Despair and the Future of Capitalism
Ed. Princeton University Press, 2020. R$ 141 (312 págs.). Kindle R$ 81

Case e Deaton documentam a epidemia mortal --certamente mais silenciosa e menos disruptiva que a Covid-19-- que se alastrou sobre muitos americanos na última década. Mortes associadas ao alcoolismo, abuso de drogas, depressão e suicídio, e ultimamente decorrentes de estagnações em salário e possibilidades de emprego. A evidência apresentada é baseada em estudos dos dois acadêmicos --Deaton é o prêmio Nobel em economia em 2015.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.