Descrição de chapéu Coronavírus

Menos brasileiros relataram sintomas da Covid no início de junho, diz IBGE

Pesquisa mostra queda também em contingente que buscou atendimento médico

Rio de Janeiro

Embora o número de casos confirmados de Covid-19 não pare de subir no país, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) detectou uma redução no número de brasileiros que relataram ter sentido sintomas gripais no início de junho. Caiu também o contingente daqueles que procuraram atendimento médico.

Os dados são parte da pesquisa Pnad Covid, criada para tentar identificar os efeitos da pandemia no mercado de trabalho e na saúde dos brasileiros. Segundo o IBGE, na primeira semana de junho 15,8 milhões de brasileiros se queixaram de sintomas gripais, 6,3 milhões a menos do que na semana anterior. em comparação com o início de maio, a queda é de 11 milhões.

A pesquisa detectou queda em todos os sintomas investigados. Na primeira semana de junho, por exemplo, 7,2 milhões relataram ter sentido dor de cabeça, 3 milhões a menos do que o verificado na última semana de maio.

Entre os outros sintomas mais citados pelos entrevistados, estão nariz entupido ou escorrendo (5,5 milhões de pessoas relataram a ocorrência na primeira semana de junho), tosse (4,4 milhões), dor muscular (4,2 milhões), febre (3,3 milhões) e dificuldade de respirar (1,9 milhão).

Do contingente de brasileiros que relatou algum sintoma, 2,8 milhões relataram ter buscado atendimento médico, 877 mil pessoas a menos do que na semana anterior. Deste total, 85% foram para unidades do SUS (Sistema Único de Saúde).

Dos que buscaram atendimento em hospital, público, particular ou ligado às forças armadas na primeira semana de junho, 121 mil ficaram internados, 6.000 a menos do que na última semana de maio.

“Embora o número de pessoas que referiram algum sintoma e procurou atendimento tenha reduzido, esse grupo cresceu em termos percentuais. Na primeira semana de maio, 13,7% das pessoas com sintomas procuraram atendimento. Esse percentual foi subindo até chegar a 17,5% na primeira semana de junho”, disse a coordenadora da pesquisa, Maria Lucia Vieira.

A Pnad Covid é resultado de pesquisas telefônicas em 48 mil domicílios por semana, totalizando 193 mil domicílios por mês. Os números de maio indicam que mais de 4 milhões de brasileiros relataram ter sentido mais de um sintoma da Covid-19.

Até esta quinta (25), segundo levantamento colaborativo entre veículos de imprensa, o Brasil tinha 1.192.474 casos confirmados e 53.874 mortes associadas ao novo coronavírus

O crescimento do número de casos vem levando estados e cidades a voltarem atrás no relaxamento das medidas de isolamento, determinando novamente restrições para o funcionamento de estabelecimentos comerciais e de serviços.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.