Post engana ao afirmar que boneco de plástico em foto é corpo de vítima da Covid-19

Postagem que usa imagem de protesto nos EUA minimiza extensão da pandemia ao sugerir enterro falso

São Paulo

Uma fotografia que mostra uma pessoa carregando o que seria uma figura humana envolta em um saco plástico preto está sendo compartilhada nas redes sociais com o objetivo de desacreditar o número de mortes pela Covid-19, segundo o Projeto Comprova verificou. A legenda da imagem diz que as pessoas estariam “levando o corpo só com uma mão” e afirma que deveriam “tentar disfarçar melhor”.

A fotografia original não mostra corpos de verdade e não foi tirada em um enterro. Ela foi registrada pelo fotógrafo Cristobal Herrera no dia 27 de maio, durante uma manifestação em Miami, nos Estados Unidos. No protesto, houve um funeral simbólico, no qual os sacos plásticos representavam pessoas que haviam morrido da doença. Ou seja, a fotografia não mostra pessoas levando um corpo só com uma das mãos.

Homem carrega boneco em formato de corpo perto de fila de bonecos enfileirados como se fossem defuntos
Foto que Cristobal Herrera fez em protesto em Miami e que viralizou para desacreditar os dados do coronavírus - Cristobal Herrera/No Facebook

Até o dia 27 de maio, quando a fotografia foi feita, os Estados Unidos tinham confirmado mais de 100 mil mortes e 1,69 milhão de infecções pelo novo coronavírus, de acordo com a Universidade Johns Hopkins.

Nesta verificação, a publicação analisada infere que o corpo mostrado na fotografia seria falso e utiliza essa afirmação para desacreditar o número de mortos pela pandemia. De fato, como o Comprova apurou, é um corpo “falso” – mas que não serve para provar nenhum ponto em relação ao número de mortos.

Para o Comprova, o conteúdo enganoso é aquele retirado do contexto original e usado em outro com o propósito de mudar o seu significado; que induz a uma interpretação diferente da intenção de seu autor; conteúdo que confunde, com ou sem a intenção deliberada de causar dano.

A investigação desse conteúdo foi feita por Piauí e BandNews e publicada na terça (9) pelo projeto Comprova, coalizão que reúne 28 veículos na checagem de conteúdos sobre coronavírus. Foi verificada por Folha, Nexo, Jornal do Commercio, Poder360, Estadão e SBT.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.