Descrição de chapéu Coronavírus stf

Amazonas pede socorro e o Brasil tem que ouvir esse grito, diz presidente do STF

Ministro Luiz Fux chamou a situação em Manaus de 'dramática'; Gilmar Mendes citou 'catástrofe'

Brasília

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Luiz Fux, afirmou nesta sexta-feira (15) que "o Amazonas pede socorro e que o Brasil precisar ouvir esse grito".

Em nota divulgada à imprensa, Fux informou que conversou por telefone com o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), para prestar solidariedade diante da crise sanitária enfrentada pelo estado em decorrência da pandemia de Covid-19.

Ao chamar no comunicado a situação de "dramática", Fux informou o governador que o STF está atento aos fatos e se colocou à disposição para auxílio dentro das competências do Judiciário.

“Em nosso país nenhum compatriota pode morrer por falta de ar. O Amazonas pede socorro e o Brasil tem de ouvir esse grito", afirmou o presidente do Supremo. "A sociedade civil e os poderes constituídos devem se unir para juntos enfrentarem essa emergência.”

Mais cedo, o ministro Gilmar Mendes se manifestou em rede social e prestou solidariedade a "todos que se encontram em meio a essa verdadeira catástrofe".

"A situação de Manaus é estarrecedora e, de forma cruel, escancara as falhas no combate à Covid-19", disse. "Mais do que nunca, é necessária a atuação de todas as esferas de poder."

Gilmar usou no texto a hashtag #oxigenioparamanaus.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.