Descrição de chapéu Coronavírus

Com Brasil perto de 200 mil mortes por Covid, Bolsonaro faz piada sobre uso de proteção facial

'Mergulhei de máscara também, para não pegar Covid nos peixinhos', ironiza presidente

Brasília

Com o Brasil próximo de 200 mil mortes pela Covid-19, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fez piada nesta segunda-feira (4) com o uso de máscara de proteção facial, defendida por especialistas como importante para conter a disseminação do vírus.

Em tom irônico, o presidente disse que usou o equipamento enquanto mergulhou no recesso no litoral paulista para "não pegar Covid nos peixinhos".​ Bolsonaro fez uma ironia com o fato de veículos de comunicação terem destacado que ele não usou máscara quando causou aglomeração no mar de Praia Grande (SP) em 1º de janeiro.

"Sabia que o tio estava na praia nadando de máscara? Mergulhei de máscara também, para não pegar Covid nos peixinhos", ironizou o presidente.

Na ocasião, ele mergulhou de uma lancha e causou aglomeração de banhistas a seu redor. Ele não tem usado máscara em suas interações com o público.

Bolsonaro fez a piada ao conversar com um grupo de apoiadores na entrada do Palácio do Alvorada. A fala foi transmitida por um site bolsonarista.

O Brasil soma 196.029 óbitos e 7.732.071 casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

Os dados são fruto de colaboração inédita entre Folha, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia da Covid-19.

Especialistas afirmam que as aglomerações registradas no Natal e no Ano Novo devem fazer agravar a situação da pandemia no país.

Defensor de medicamentos sem eficácia comprovada contra a Covid, Bolsonaro também é crítico de políticas de distanciamento social.

No final de novembro Bolsonaro disse que "ainda vai ter um estudo sério falando sobre a efetividade da máscara". "É o último tabu a cair."

A piada de Bolsonaro sobre o uso de máscaras ocorre no mesmo dia em que o Reino Unido decretou um novo confinamento nacional diante da divulgação de mais um recorde no número de casos da doença no país.

Nas últimas 24 horas, o Reino Unido registrou 58.784 novos casos de Covid-19, maior número diário e sétimo dia consecutivo com mais de 50 mil novos doentes por dia.

O número de infecções vinha crescendo no último mês, mas a transmissão se acelerou, levando as estatísticas da última semana a um salto de 50% em relação à semana anterior, com um número de testes equivalente. A tendência aumentou com o surgimento de uma nova variante do Sars-Cov-2, conhecida como B117 e até 70% mais transmissível.

A fala também ocorre no dia em que morreu de Covid-19 o superintendente do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) no Rio Grande do Sul, Tarso Teixeira. Ele havia sido denunciado ao Ministério Público do Trabalho e à ouvidoria do instituto sob acusação de desrespeitar normas sanitárias de prevenção à Covid e de colocar a vida de servidores em risco.

Tarso, que era uma influente liderança ruralista no estado, tinha 69 anos e estava internado no CTI do Hospital das Clínicas, em Porto Alegre.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.