Descrição de chapéu Coronavírus

Consórcio de veículos de imprensa lança campanha em prol da vacina contra a Covid-19

Grupo formado por Folha, UOL, O Estado de S. Paulo, O Globo, G1 e Extra busca incentivar a imunização

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O consórcio de veículos de imprensa formado por Folha, UOL, O Estado de S. Paulo, O Globo, G1 e Extra lançou nesta sexta-feira (29) uma campanha que busca incentivar a vacinação contra a Covid-19.

O lançamento ocorreu durante o intervalo do Jornal Nacional, da TV Globo, e novas peças serão exibidas na emissora. Haverá também conteúdo nas redes sociais e nos sites e jornais impressos dos veículos participantes.

Iniciativa inédita, o consórcio foi criado em junho de 2020 para acompanhar e divulgar os números da Covid-19 no país depois que Ministério da Saúde tirou dados do ar e ameaçou sonegar informações sobre a situação da pandemia.

Desde então, são divulgados balanços diários de casos e mortes pela Covid-19. Os dados são coletados pelas equipes dos veículos junto às secretarias estaduais de Saúde. O país já soma mais de 9 milhões de infectados e 220 mil óbitos.

Na última semana, o consórcio passou a informar também o total de doses aplicadas da vacina contra a doença. Até agora,, mais de um milhão de pessoas haviam sido vacinadas no Brasil. O número pode ser maior, já que nem todos os estados divulgaram o balanço completo da vacinação.

Imagem de divulgação de campanha pela vacinação de consórcio de veículos de imprensa
Imagem da campanha pela vacinação de consórcio de veículos de imprensa - Divulgação

Neste momento, a vacinação é direcionada ao grupo prioritário formado por profissionais de saúde, idosos, pessoas que moram em abrigos, indígenas e quilombolas.

Com o mote “Vacina sim“, a campanha busca reforçar a importância da imunização para que o país possa vencer a pandemia.

“Não há saída para a pandemia fora da vacina. Mais uma vez, cabe ao jornalismo profissional divulgar esta informação vital. Por incompetência das autoridades, o consórcio inédito dos meios de comunicação se une novamente para reforçar a necessidade da imunização nacional e para contabilizar a porcentagem dos vacinados no país”, afirma Sérgio Dávila, diretor de Redação da Folha.

"Todos os dias os jornalistas do consórcio trabalham intensamente, checam fatos, questionam autoridades, traduzem em linguagem acessível a enorme massa de dados científicos do combate à pandemia, tudo para levar às pessoas a melhor informação possível. Nos unimos para garantir que haveria números confiáveis sobre a pandemia e, agora, estamos juntos mais uma vez para vencer a desinformação e mostrar que a vacina é a única alternativa possível", diz Murilo Garavello, diretor de conteúdo do UOL​.

Diretor de Jornalismo do Grupo Estado, João Caminoto lembra que a imunização foi alvo de fake news e que o consórcio cumpre sua missão de combater a desinformação.

“A defesa e promoção da vacina, além de ser um passo crucial na contenção da Covid, significa dar um basta às fake news, ao negacionismo e ao obscurantismo e valorizar a informação, a ciência e a cidadania. Portanto, ao promovermos essa campanha, estamos seguindo nossa missão de informar e conscientizar a sociedade”, disse.

“O consórcio de veículos de imprensa é uma iniciativa sem precedentes, com a dimensão que a pandemia exige, em razão da urgência de consolidar dados confiáveis diariamente. Agora é a hora de o país garantir a maior vacinação possível, pelo bem coletivo, e este grupo não poderia ficar de fora deste momento", completa Alan Gripp, diretor de Redação de O Globo.

“O consórcio nasceu pra suprir uma lacuna grave. Como superar a pandemia sem saber onde o vírus está chegando, com que força e alcance? O jornalismo profissional preencheu esta lacuna. A campanha de estímulo à vacinação inaugurada agora é um segundo passo natural para o consórcio. Veículos que concorrem entre si unidos para o bem coletivo. Motivar os brasileiros a buscarem a vacina”, afirma Ricardo Villela, diretor de Jornalismo da Globo.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.