Descrição de chapéu Coronavírus

SP inicia vacinação de pessoas com 68 anos; veja o cronograma para outras regiões do país

Imunização deste público de 340 mil pessoas estava inicialmente prevista para dia 5

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O estados de São Paulo iniciou, na sexta-feira (2), a vacinação das pessoas com mais de 68 anos de idade. O governador João Doria (PSDB) havia anunciado na quarta-feira (31) a antecipação da vacinação do grupo, inicialmente prevista para começar na segunda-feira (5).

Atualmente, já foram vacinados quilombolas, profissionais da saúde e pessoas a partir de 69 anos. Para o dia 5 de abril, está prevista a vacinação de profissionais de segurança. Para o dia 12, será a vez de profissionais de educação a partir de 47 anos.

O anúncio das datas foi feito no Palácio dos Bandeirantes (zona oeste de SP), em entrevista coletiva para tratar de medidas de combate ao coronavírus.

"Vamos acelerando a vacinação nas faixas etárias a partir dos 60 anos e tendo a possibilidade hoje de anunciar que, já nesta sexta-feira, as pessoas com 68 anos estarão sendo imunizadas nos postos de vacinação em todo o estado de São Paulo. A vacina no braço é a vacina da vida", disse Doria.

O governo recebeu críticas de especialistas, quando anunciou que policiais e professores serão vacinados, a partir de 5 e 12 de abril, respectivamente. Na visão da maioria dos médicos ouvidos pela Folha, idosos e adultos com comorbidades deveriam ser contempladas antes que categorias profissionais.

O governo anunciou que o Instituto Butantan entregou 3,4 milhões de doses da Coronavac para o Ministério da Saúde. Até agora, 36,2 milhões de doses já foram entregues.

Doria também anunciou a compra de 2 mil cilindros de oxigênio e de 1 mil concentradores de oxigênio, que serão distribuídos para cidades que não possuem oficinas de oxigênio.

O secretário da Saúde, Jean Gorinchteyn, informou que o estado tem 92,2% das UTIs ocupadas e a Grande São Paulo 91,8%.

O estado está há 15 dias na fase emergencial, com restrições até a serviços essenciais, há 15 dias. Segundo o centro de contingência, há uma desaceleração. A expectativa em cerca de uma semana haverá redução de pessoas nas UTIs e aumento na disponibilidade dos leitos. ​

"Temos 12.975 pacientes internados nas nossas unidades de terapia intensiva. Para se ter uma ideia, tínhamos agora na segunda-feira 12.945. Portanto, a ascensão, apesar de estar ocorrendo, vem num numerário menor do que aquilo que estávamos acompanhando nas últimas semanas, com centenas de novas admissões nas unidades", disse.

Segundo Gorinchteyn, atualmente, o número de pacientes na UTI é o dobro do pico anterior da pandemia, em julho de 2020.

No comparativo com a última semana, houve um incremento de casos em 9,2% e de internações em 10%. Apesar disso, Gorinchteyn cita que houve desaceleração em relação às últimas semanas.

Atualmente, o estado tem 74.652 mortos por coronavírus.

Após pergunta que citava o número de mortos e comparava com o de países, Doria citou também também a produção de vacinas de São Paulo. "Se São Paulo fosse um país, nós já teriamos vacinado 60% de toda a população. Porque hoje, esses mais de 32 milhões de doses nós compartilhamos com o Brasil, com nosso país, não fomos egoístas. Mas nossos parte do Brasil e nos orgulhamos disso", disse.

Além disso, o Hospital das Clínicas ampliou o número de leitos para coronavírus, com 68 vagas de UTI e 75 de enfermaria. Com isso, a unidade chega a 628 leitos para o atendimento de casos graves de coronavírus.

Segundo Doria, empresas privadas estão financiando esta ampliação.

O governo anunciou o retorno do programa Merenda em Casa, que havia sido interrompido. Ele prevê R$ 55 por mês como ajuda de custo para 920 mil estudantes.

A vacinação em outros estados está em fases variadas. Em alguns lugares, como na Bahia, já são imunizadas pessoas com mais de 63 anos de idade. Já no Mato Grosso, a vacinação está mais lenta —ainda são vacinadas pessoas com 70 anos. Veja o cronograma abaixo.

CRONOGRAMA DE VACINAÇÃO

SÃO PAULO

  • 68 anos - a partir de 2 abril
  • Policiais e agentes penitenciários - a partir de 5 de abril
  • Professores do ensino básico (infantil, fundamental e médio) - a partir de 12 de abril

Categorias e faixas etárias já atendidas até agora

  • Trabalhador de saúde, indígenas e quilombolas - 17 de janeiro
  • Acima de 90 anos - 8 de fevereiro
  • Entre 85 e 89 anos - 12 de fevereiro
  • Entre 80 e 84 anos - 27 de fevereiro
  • Entre 77 e 79 anos - 3 de março
  • Entre 75 e 76 anos - 15 de março
  • Entre 72 e 74 anos - 19 de março
  • Entre 69 e 71 anos - 26 de março

RIO DE JANEIRO

  • 67 anos - vacinação para essa faixa etária está em andamento neste sábado (3) na capital, que pretende imunizar pessoas acima de 60 anos a partir de 24 de abril; na próxima semana, o estado prevê vacinar idosos acima de 65 anos
  • Forças de segurança - a partir do dia 12 de abril
  • Trabalhadores da educação - a partir da segunda quinzena de abril


MINAS GERAIS

  • 67 anos - começa a ser vacinado segunda-feira (5) em Belo Horizonte; 68 anos iniciou imunização sexta-feira (2)


RIO GRANDE DO SUL

  • 65 anos - a partir de 3 abril
  • Forças de segurança - a partir de 3 de abril


PARANÁ

  • 67 anos - vacinação em andamento em Curitiba para essa faixa etária; na próxima semana, o estado prevê vacinar de 65 a 69 anos
  • Forças de segurança - a partir de 4 de abril


BAHIA

  • 63 anos - faixa etária que está sendo vacinada neste sábado (3) em Salvador
  • Forças de segurança - vacinação de policiais acima de 50 anos que estão em atividade começou na quarta-feira (31) na capital baiana


MATO GROSSO

  • 70 anos - faixa etária que está sendo imunizada neste sábado (3) em Cuiabá com a primeira dose; idosos de 80 a 84 anos que ainda não receberam a segunda dose também estão sendo vacinados
  • Trabalhadores da saúde - voltarão a ser vacinados na próxima semana (os últimos dias foram priorizados para atendimento a idosos)
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.