Descrição de chapéu Coronavírus trânsito

Taxa de ocupação de UTIs sofre leve queda no estado e na Grande SP

Isolamento social também registra diminuição; na capital, trânsito volta a subir

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A taxa de ocupação dos leitos de UTI (unidade de terapia intensiva) para tratar pacientes com Covid-19 sofreu uma leve queda no estado de São Paulo, de acordo com dados do governo paulista.

Nesta terça (6), 88,6% dos leitos do estado estavam ocupados, enquanto na terça passada a ocupação era de 89,9%. Já a Grande São Paulo tinha lotação de 88%, contra 88,5% registrado na semana passada. Há 15 dias atrás esse número era ainda maior, com 92,3% no estado e 92,2% na região metropolitana da capital.

A ocupação dos leitos de UTI segue uma tendência de queda, sugerindo que começaram a surgir algum efeito as medidas mais restritivas da fase emergencial, que impõe toque de recolher e limita até mesmo o funcionamento de serviços essenciais.

Desde domingo (4) a taxa de ocupação no estado não ultrapassou a casa dos 90%, e quarta-feira (31) foi o último dia que SP marcou mais que 92% na taxa de ocupação das UTIs. Antes disso esse índice registrava pouca variação.

Já o índice de isolamento social diminuiu no estado, chegando a 42% nesta terça, valor inferior aos 44% registrados na terça-feira passada (30/03) e aos 45% observados há duas semanas (23/03).

Na cidade de São Paulo, após o fim dos feriados antecipados, o trânsito aumentou. A população também voltou a usar os ônibus.

Segundo dados da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), a lentidão média nesta terça-feira foi de 33 quilômetros, enquanto na terça passada o congestionamento foi de 10 quilômetros. Há 15 dias, o trânsito ficou em 18 quilômetros.

O fim do recesso também mudou o cenário do transporte público na cidade. Foi transportado nos ônibus da SPTrans 1,51 milhão de passageiros nesta terça, contra 1,2 milhão na semana passada. Na terça anterior, o valor foi próximo ao dessa semana, com 1,49 milhão.

Já em volume de carros, a CET registrou 5,8 milhões ontem, e 3,2 milhões há uma semana atrás. Há duas semanas, foram 4,3 milhões.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.