Descrição de chapéu Coronavírus

Falha técnica impede que dados de ocupação de UTIs sejam atualizados, afirma governo de SP

Última entrada no sistema foi na sexta-feira (28); segundo Secretaria da Saúde, situação será normalizada

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Uma falha técnica do sistema do Censo Covid impediu que o governo do estado de São Paulo atualizasse os dados da taxa de ocupação das UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) e dos leitos de enfermaria do estado e da região metropolitana da capital nos últimos três dias.

Os dados são de sábado (29), domingo (30) e desta segunda (31). Normalmente, as informações ficam disponíveis diariamente na plataforma da Seade (Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados).

Segundo informou o governo de SP, os indicadores sobre ocupação de leitos, pacientes e internações não foram atualizados na plataforma em virtude de modificações no sistema de organização dos dados do censo.

Para serem inseridos na plataforma, os dados são extraídos do Censo Covid diariamente e repassados para a fundação, mas a falha impediu que os números do final de semana fossem extraídos.

O sistema foi estabilizado e foi possível ter acesso às taxas desta segunda-feira, mas não em tempo para ser atualizado no site da Seade. Também ainda não foi possível ter acesso aos dados de sábado e domingo.

De acordo com a Secretaria da Saúde, a área técnica está trabalhando para normalizar a situação; enquanto isso, os dados retroativos deste final de semana ficarão disponíveis no site da pasta. A taxa de ocupação desta segunda foi disponibilizada no mesmo local.

O estado tem 81,9% dos leitos ocupados, enquanto uma semana atrás (24) eram 80,2%. Há 15 dias, eram 78,5%.

A lotação na região metropolitana de São Paulo é de 79%, valor superior aos 77,1% registrados na semana passada. Há duas semanas, esse número era de 76,6%.

São Paulo tem mais de 3,2 milhões de casos confirmados e 111.304 mortes por Covid-19. A letalidade está em 3,4%.

O isolamento social está estável, com média de 48% neste domingo (30), o mesmo valor do domingo passado (23) e do anterior (16). No sábado (29), houve uma leve variação, chegando a 42%. No sábado passado (22) e retrasado (15), foram 43%.

O trânsito da capital paulista também não apresentou mudanças significativas, com 5 km neste domingo, 4 km uma semana atrás e 5 km há 15 dias, de acordo com dados da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego). O volume de carros nas ruas foi de 1,9 milhões ontem, contra 1,7 milhão no domingo passado e no anterior.

Nos ônibus, o número de pessoas circulando permaneceu praticamente o mesmo, com cerca de 1,89 milhão na sexta passada e 1,88 milhão na sexta retrasada. A CET não disponibiliza o volume de passageiros nos coletivos aos finais de semana.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.